Search
Thursday 24 September 2020
  • :
  • :

¡Adiós, Hermanos! Brasil despacha Argentina por 3 sets a 0

Foto: FIVB/Divulgação

Sidão

Se era esperado um confronto de grande rivalidade e bem disputado, o Brasil mudou a história e bateu a Argentina, sem grande dificuldade, por 3 sets a 0, parciais de 25-19, 25-17 e 25-20, em 1h13, no Earls Court. Com a vitória desta terça-feira (08.08), a equipe verde e amarela está classificada para as semifinais, enquanto os argentinos estão eliminados. A má notícia para a equipe de Bernardinho, no entanto, é a lesão do oposto Leandro Vissotto. Ainda no primeiro set, ele sentiu uma fisgada na virilha e deixou a partida. Ainda não há informações se ele estará em condições de jogar as semifinais ou não. Em seu perfil no Twitter, o jogador postou no início da tarde brasileira: “Vou fazer uns exames ! Vamos torcer! Obrigado pelas msg!!!”.

Na próxima fase, o Brasil enfrentará o vencedor do confronto entre Estados Unidos x Itália, que será realizado às 12h. As outras partidas pelas quartas de final envolvem Polônia x Rússia e Bulgária x Alemanha. Os três vencedores, além de Brasil, estarão nas semifinais.

Murilo foi mais uma vez o destaque da seleção brasileira. O ponteiro marcou 14 vezes, sendo 12 em ataques (com o excelente aproveitamento de 70%) e dois em bloqueios. O meio de rede Sidão também se destacou com 12 pontos: nove em ataques (64%), um de bloqueio e dois aces. O oposto Wallace, que entrou no primeiro set substituindo Vissotto, fez 11.

O jogo

Na bola rápida de primeiro tempo, Sidão abriu o placar do jogo. Com Pereyra, a Argentina virou para 3/2. Em uma bola defendida por Bruno e levantada por Murilo, Dante atacou na entrada da rede e recolocou o Brasil à frente: 5/4. Com Lucão, a seleção brasileira fez 8/7. No ataque de Murilo, a equipe verde e amarela abriu quatro de vantagem: 11/7. O Brasil estava com sete pontos de vantagem em 16/9. Quando o time brasileiro vencia por 20/13, Leandro Vissotto sentiu uma fisgada na virilha e foi substituído por Wallace. Os jogadores sentiram um pouco a ausência do oposto, mas se recuperaram e fecharam o set por 25/19.

Divulgação/FIVB

Divulgação/FIVB

A segunda parcial começou mais equilibrada. As seleções empataram em 3/3 e o set seguiu equilibrado até a primeira parada técnica, quando os argentinos venciam por 8/7. No bloqueio de Wallace, o Brasil abriu dois em 12/10. O time de Bernardinho seguiu no comando do marcador nesse meio de set (21/16). Na reta final, o Brasil seguiu superior. Wallace atacou e colocou o time verde e amarelo com seis pontos de vantagem: 23/17. Na sequência, com grande saque de Sidão, o Brasil fez 25/17.

O terceiro set começou mais uma vez bem disputado. Brasil e Argentina estiveram iguais em 4/4. As equipes seguiram trocando pontos e estiveram empatadas, também, em 10/10. Com ataque forte de Wallace, o time brasileiro teve um ponto de vantagem na segunda parada técnica: 16/15. No ace de Sidão, o Brasil fez 20/17 e o técnico argentino, Weber, pediu tempo. Não adiantou. No final, Murilo atacou e a equipe verde e amarela fez 25/20 no terceiro set.


Brasil
: Bruninho (1), Leandro Vissotto (2), Murilo (14), Dante (8), Sidão (12), Lucão (5) e Serginho (Líbero). Depois: Wallace (11) e Rodrigão.


Argentina
: De Cecco (1), Pereyra (5), Conte (1), Quiroga (7), Crer (8), Solé (4) e González (Líbero): Depois: Uriarte (1), Bruno, Castellani (7) e Poglajen.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x