Search
Tuesday 20 October 2020
  • :
  • :

Ágatha e Bárbara Seixas acabam com invencibilidade em finais de Larissa e Talita

Ágatha e Bárbara Seixas possuem excelente retrospecto em Maceió (Foto: Divulgação/CBV)

Ágatha e Bárbara Seixas possuem excelente retrospecto em Maceió (Foto: Divulgação/CBV)

Uma é paranaense e a outra é carioca, mas em poucos lugares quanto Maceió a dupla Ágatha e Bárbara Seixas se sente tão feliz no Brasil. Vencedoras das últimas duas etapas do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia disputados na capital de Alagoas, em 2013 e 2014, elas agora conquistaram o título do SuperPraia A na cidade ao bater de virada Larissa e Talita (PA/AL) na manhã deste domingo (3), por 2 sets a 1 (21-17, 19-21, 13-15).

Na disputa da medalha de bronze, Fernanda Berti e Taiana (RJ/CE) levaram a melhor sobre Juliana/Maria Elisa, com triunfo por 2 sets 1 (21-17, 12-21, 15-10), completando o pódio. O torneio, que reuniu as oito melhores parcerias da temporada, encerra com chave de ouro o calendário nacional e inicia a disputa do Circuito Mundial, onde os atletas credenciados disputarão a corrida olímpica.

Foi a oitava vez que Ágatha e Bárbara Seixas subiram juntas ao lugar mais alto do pódio, somando competições nacionais e internacionais. Além disso, foi a primeira vez que Larissa e Talita acabaram derrotadas em uma final, já que tinham vencido as outras 11 decisões em que chegaram. O público também foi parte integral da festa, lotaram totalmente a arena e participaram com as brincadeiras e vibrando muito.

Após a vitória, Ágatha comentou a paciência da dupla durante a final, já que saíram atrás no placar. Além disso, a paranaense comemorou terminar a temporada nacional com um título, pouco antes do início da participação do Circuito Mundial e da corrida olímpica.

“A confiança gira muito durante a partida. Acertar aquela jogada que você está acostumada a treinar, aquela bola favorita. E taticamente pensar em algo que vá favorecer o seu time. É um jogo de xadrez. Estamos de parabéns porque soubemos fazer isso no torneio sem o técnico no banco, já pensando no Circuito Mundial, onde eles não podem ficar”, destacou Ágatha.

Ela também comentou a importância do lado mental na decisão. “Essa final foi de paciência, elas começaram muito bem e nós muito mal. A Larissa começou sacando demais, dificultando minha recepção. Contra times grandes o jogo tem que ser calmo, ter tranquilidade. Pois se você entrar na afobação, erra tudo. Uma jogada, um fundamento de cada vez. E a paciência foi a tônica da nossa dupla no jogo inteiro. Ficamos felizes por terminar a temporada bem e quero esse espírito para nós no Circuito Mundial, era o momento em que tínhamos que chegar bem”, analisou.

A parceira da paranaense, a carioca Bárbara Seixas, fez análise similar da decisão contra as atuais campeãs do circuito brasileiro. Ela lembrou que a dupla teve um começo de calendário nacional abaixo do esperado, mas que conseguiu crescer no momento certo, dentro do planejado.

“Estou muito feliz, a gente sabia que tudo fazia parte de um processo, de um planejamento e que teríamos que ter paciência para crescermos na hora certa. Tanto a melhora física gradativa quanto os treinamentos técnicos e táticos. E mais do que nunca jogarmos juntas. Só tenho a agradecer nossa comissão técnica, minha parceira, a nossa psicóloga Maíra Ruas. Começamos bastante atrás no primeiro set, mas tivemos calma de retomar o foco. Esse trabalho mental é muito importante. Tem que ter muita paciência e acreditar no ponto a ponto. É isso que trabalhamos a cada dia”, comemorou Bárbara Seixas.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
1 Comentário
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
lulu

Excelente o rendimento do BrunIndo na Itália. É o levantador mais completo atualmente.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x