Search
Sunday 25 October 2020
  • :
  • :

Ainda invicto, Sollys/Nestlé supera Sesi e já pensa no Mundial

Foto: Fabio Rubinato/AGF/Divulgação

O Sollys/Nestlé não tomou conhecimento de seus adversários na fase de classificação do Campeonato Paulista 2012. A equipe laranja terminou a primeira etapa da competição estadual com uma campanha fantástica de 12 jogos e 12 vitórias. As comandadas do técnico Luizomar de Moura disputaram 41 sets, sendo que, venceram 36 e perderam somente cinco. Nesta terça-feira, o Sollys derrotou o SESI-SP, no Ginásio Municipal José Liberatti, em Osasco, por 3 sets a 0, com parciais de 30-28, 25-21 e 25-17, em 1h33 de confronto. 

 

“A equipe foi muito bem, mesmo após essa semana super corrida que tivemos, já que fizemos um jogo duro contra o Amil no último sábado em que elas estavam mais descansadas. Hoje novamente fizemos o nosso papel e executamos muito bem o nosso trabalho antes da viagem para o Mundial. Este era um jogo que na teoria não valia muita coisa, mas para o Sollys/Nestlé tinha seu valor porque precisávamos cumprir nosso dever. O nosso maior defeito neste jogo foram as bolas de contra-ataques, pois nossas ponteiras não conseguiram virar as bolas, por isso, tanto eu quanto a Fernanda temos que pensar um pouco mais na hora de realizar esses ataques. Agora é pensar no Mundial e corrigir o que fizemos de errado. Hoje foi basicamente um treinamento muito forte pensando nos confrontos do Mundial”, declarou Jaqueline

 

A ponteira Jaqueline foi responsável por oito pontos na partida. Já a central Adenízia fez 10 e acredita que a vitória diante do SESI foi importante pensando no Campeonato Mundial de Clubes. “Esse jogo foi excelente pensando na disputa do Mundial. Nós sabíamos que o SESI viria com tudo para buscar o resultado porque precisavam vencer para ficar com a segunda colocação. No entanto, o Sollys/Nestlé também precisava ganhar esse jogo para encerrar essa fase do Paulista com vitória e chegar em Doha otimista. A partida começou muito equilibrada e no decorrer do jogo conseguimos trazer a vitória para o nosso lado”, disse a centra.

 

Para Adenízia, o fator confiança é um dos estímulos para seguir vencendo. “Esse jogo era um jogo normal no qual tínhamos que ganhar e que queríamos a vitória. Não tem essa de entrar devagar porque não valia nada. Todos os jogos são importantes para o Sollys/Nestlé”, concluiu a atleta. Pelos lados do comando técnico, Luizomar elogiou a qualidade do adversário e apontou os pontos positivos e negativos do Sollys/Nestlé no duelo. “O equilíbrio do jogo tem a ver com a qualidade dos dois elencos. O SESI é um time que foi montado para brigar pelos títulos das competições. Ninguém imaginava um 3 a 0 porque não representa o que foi jogo, já que foi equilibrado e com muitas estratégias. O Sollys/Nestlé foi muito eficiente na virada de bola e, mesmo pecando nos contra-ataques, teve a lucidez para achar o momento certo para definir os sets”, analisou o treinador.

 

Após finalizar a fase de classificação do Paulista invicto, o Sollys/Nestlé se prepara para a disputa de seu terceiro Mundial de Clubes consecutivo. Em 2010, com a equipe completa, a equipe laranja terminou com a medalha de prata, perdendo para o Fenerbahce na decisão. Já em 2011, com vários desfalques por causa do Pan-Americano, as brasileiras se superaram e terminaram com a terceira posição, vencendo o Mirado, da República Dominicana na disputa do bronze. Desta vez, o Sollys terá, além de força máxima, jogadoras no auge e vivendo excelente fase técnica e física. A delegação brasileira viaja para Doha, no Qatar, na madrugada de quarta para quinta-feira, às 2h55. O Mundial de Clubes acontece de 13 a 19 de outubro.   

 



Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x