Search
Wednesday 28 July 2021
  • :
  • :

Alan Souza vibra com conquista do Sada Cruzeiro

Oposto foi destaque da Copa Brasil. (Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV)

Hexacampeão! O Sada Cruzeiro soltou o grito em Saquarema-RJ, depois de vencer o EMS Taubaté Funvic na grande decisão da Copa Brasil. Em um duelo eletrizante e muito equilibrado, os cruzeirenses mostraram porque a camisa celeste é a maior vencedora da última década do voleibol nacional e bateram o time paulista por 3 sets a 2. As parciais da decisão, disputada nesta sexta-feira, 12/02, foram 25/23, 31/29, 18/25, 27/29 e 15/13.

Saquarema recebeu um grande jogo. Brigado ponto a ponto do início ao fim, as duas principais forças do voleibol nacional precisaram dos cinco sets para decidir a taça. Nos momentos decisivos, pesou a união do elenco estrelado e a experiência de quem chegava à sexta conquista de Copa Brasil. Alan foi o maior pontuador do duelo, com 27 pontos marcados e uma atuação decisiva no tie-break.

“A gente começou muito bem, mas mesmo os sets que ganhamos foram puxados demais. Foi um jogo muito equilibrado. Não é à toa que o Taubaté está entre os primeiros, eles têm quase uma seleção. Então sabíamos que a gente teria um jogo difícil, longo e brigado. E o mais importante foi o quanto nosso time conseguiu jogar o tie-break unido, todos juntos para buscar essa vitória pra gente”, analisou o oposto celeste.

Maior campeão da história da competição, o clube estrelado ampliou a vantagem no ranking com o hexacampeonato. Foram da Raposa as últimas quatro edições, desde 2018, além dos títulos em 2014, quando a Copa Brasil voltou ao calendário nacional, e em 2016. Nos anos de 2015 e 2017 o troféu ficou com o Taubaté.

“Em todas as competições que joga o Sada Cruzeiro tem a intenção de brigar e ganhar o título. E este foi um a mais, muito importante para nós. Foi um jogo de alto nível, contra um time fantástico, mais de meia seleção brasileira, e acho que os nossos atletas jogaram muito bem também. Foi muita luta. Eles se entregaram, se doaram e conseguimos esta conquista”, comentou o comandante Marcelo Mendez, campeão da Copa Brasil pela sexta vez.

Desde 2010, sob o comando do argentino, o Sada Cruzeiro disputou 54 campeonatos, esteve em 48 finais e somou 39 títulos.

Sada Cruzeiro: Cachopa, Alan, Facundo, López, Isac, Otávio e o líbero Lukinha. Entraram: Rodriguinho, Cledenilson, Resley e Oppenkoski. Técnico Marcelo Mendez.

EMS Taubaté Funvic: Bruninho, Felipe Roque, Maurício Borges, João Rafael, Maurício Souza, Lucão e o líbero Thales. Entraram: João Frank e Douglas Souza. Técnico Javier Weber.

Hegemonia brasileira: soberano nas competições nacionais, Sada Cruzeiro amplia marca

Com o título conquistado na “bolha do vôlei” nesta sexta-feira, 12, o Sada Cruzeiro chega ao sexto troféu de Copa Brasil que, somados ao hexacampeonato da Superliga, totalizam 12 dos principais torneios nacionais. O número impressiona e confirma a sólida jornada do time cruzeirense em menos de 15 anos de atividade.

O time eliminado pela Raposa na semifinal, o tradicional Minas Tênis Clube, tem nove taças nacionais, entre edições de Superliga, Taça Brasil e Campeonato Brasileiro. As extintas equipes da Cimed e do Banespa conquistaram quatro cada um. E os dois paulistas que se alternaram na rivalidade com o Sada Cruzeiro na última década – EMS Taubaté Funvic e Sesi-SP – têm três e um, respectivamente.

Para o levantador Fernando Cachopa, que veio da base celeste e é fruto da equipe, vencer está no DNA do Sada Cruzeiro. “O projeto todo cresceu aprendendo a vencer, e dando muito valor a todo título. E hoje não foi diferente. Mudam várias peças ao longo das temporadas, mas acho que a mentalidade que a gente tem é de entrar para dar o máximo e deixar tudo em quadra para tentar vencer qualquer campeonato. Este ano a gente não conseguiu levantar todas as taças que a gente jogou, mas fizemos boas finais, disputando sempre o topo. E toda a nossa trajetória é importante para o projeto. Vamos seguir acendendo a chama que a gente tem aqui, de buscar a vitória, de seguir conquistando”, concluiu o camisa 14.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x