Search
Wednesday 30 September 2020
  • :
  • :

Alison e Emanuel vencem em Campinas e conquistam primeiro título do ano

Foto: FIVB

Por três vezes, Alison e Emanuel estiveram a um set da eliminação na primeira edição da Word Cup Final. E, neste domingo (02/06), pelo terceiro dia seguido, a dupla brasileira saiu das dificuldades para reagir e conquistar o título da competição, disputada no Parque Taquaral, em Campinas (SP), derrotando os líderes do ranking mundial Jake Gibb e Casey Patterson, dos Estados Unidos, por 2 sets a 1, parciais de 13-21, 21-19 e 15-11, e levando à loucura os torcedores que lotaram a arena da competição. Martins Plavins e Janis Smedins, da Letônia, ficaram em terceiro lugar.

A conquista é a primeira da dupla no ano de 2013. Como Alison lesionou um dedo da mão esquerda, a parceria vice-campeão olímpica disputou apenas cinco torneios até aqui – três etapas do Circuito Banco do Brasil e uma do Circuito Mundial, além da World Cup Final.

“Foi um grande espetáculo. Um grande jogo dentro da quadra e um show da torcida na arquibancada. Estou muito feliz porque minha família veio acompanhar e foi uma das poucas vezes que meu filho (Lukas, de dois anos) me viu jogando. Fico muito feliz por orgulhar as pessoas que amo e que bom que ele pôde ver esta vitória. Estamos buscando melhorar o ritmo de jogo e este torneio foi muito bom para isso”, analisa o campeão olímpico.

O “Mamute” Alison, que incendiou a torcida durante toda a decisão, destacou a força dos norte-americanos e o papel dos torcedores brasileiros na virada decisiva.

“Brasil e Estados Unidos é sempre um grande clássico e desta vez não foi diferente. Não começamos o jogo bem, mas com a energia da torcida encontramos forças para reagir. A dupla deles é nova, mas começou com ótimos resultados no Circuito Mundial. Estou muito feliz por termos correspondido ao apoio que recebemos em todos os jogos e que foi tão importante para nós”, comenta o capixaba.

Líderes do ranking mundial, Gibb e Patterson lamentaram o erros na reta final, após um bom começo de partida. “Jogamos muito bem até o 10 a 10 no terceiro set. Aí cometi dois erros, que acabaram nos custando a partida. Eles começaram a jogar melhor e o Emanuel foi perfeito em seus ataques. Numa situação como essas fica claro o porquê de ele ser um jogador tão vencedor”, elogia o norte-americano, atual campeão do Circuito Mundial.

Na disputa de terceiro lugar, os letões Martins Plavins e Janis Smedins, medalhistas de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, superaram os alemães Jonathan Erdmann e Kay Matysik, que ficaram em nono lugar na capital inglesa, por 2 sets a 0, parciais de 21-18 e 21-14. O torneio em Campinas marcou o reencontro dos letões, que estão disputando o Circuito Mundial 2013 com novos parceiros.

“Jogamos juntos por quatro anos, então foi fácil nos acertarmos dentro da quadra. Jogamos com simplicidade e as partidas que perdemos foram muito disputados. Decidimos encerrar a dupla no ano passado e nos despedimos com o título do Grand Slam da Polônia. Quando soubemos que iríamos jogar juntos novamente aqui, nosso objetivo foi conseguir um bom resultado. Conquistar o bronze, atrás de Brasil e Estados Unidos, que são ótimos times, é muito bom para nós”, diz Smedins, que, no último final de semana venceu o Grand Slam de Corrientes com Aleksandrs Samoilovs.

A primeira edição da World Cup Final reuniu representantes dos campeões da fase regional da Continental Cup, que foi disputada entre 2010 e 2012, além de duplas dos países que levaram duas parcerias aos Jogos Olímpicos de Londres.

A próxima competição internacional da temporada será o Grand Slam da Holanda do Circuito Mundial 2013. Entre os dias 11 e 16 de junho, as parcerias Alison/Emanuel, Pedro Solberg/Bruno Schmidt, Ricardo/Álvaro Filho e Evandro/Vitor Felipe representarão a seleção brasileira na cidade de Haia.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x