Search
Tuesday 29 September 2020
  • :
  • :

Alison/Emanuel viram tie break com 11 a 8 contra e segue para a semifinal

 

Divulgação/FIVBO Brasil está nas semifinais do torneio masculino de Vôlei de Praia dos Jogos Olímpicos de Londres. Nesta segunda-feira (06.08), no primeiro jogo das quartas de final do torneio olímpico, os brasileiros Alison e Emanuel tiveram muita dificuldade em superar os poloneses Grzegorz Fijalek e Mariusz Prudel por 2 sets a 1, parciais de 21-17, 16-21 e 17-15, na arena montada na Horse Guards Parade. O time polonês chegou a estar vencendo o tie break por 11 a 8 e ter dois match points, mas o time brasileiro souber reverter a situação.

“Nossa experiência fez a diferença. Em três anos de parceria, ganhamos e perdemos muito, sempre levando conosco 180 milhões de brasileiros, e isso não é para qualquer um. Tive dificuldades para fazer o levantamento em alguns momentos por causa do vento e o Emanuel teve muita paciência. Fazemos um trabalho psicológico para suportar toda a pressão que sofremos dentro da quadra e mais uma vez colhemos os frutos por isso”, diz Alison.

 

Líderes do ranking olímpico e atuais campeões mundiais, os brasileiros chegam à semifinal com ótima campanha. Alison e Emanuel venceram os cinco jogos que disputaram até o momento na capital inglesa – três na primeira fase, um nas oitavas e outro nas quartas – e cederam apenas dois sets aos rivais.

 

O campeão olímpico Emanuel, que luta em Londres por sua terceira medalha olímpica, marcou 27 pontos na partida contra os poloneses, todos no ataque, e conseguiu 16 defesas. O estreante Alison pontuou nove vezes no ataque, cinco no bloqueio e três no saque.

 

“Lidamos com uma pressão muito grande dentro da quadra e tivemos serenidade para executar bem os fundamentos nos momentos mais importantes. Nos ajudamos muito ao longo da partida e uma parceria tem que ser assim. Quando um não está em um bom momento, o outro deve dar força e fazer o possível para ajudar”, comenta Emanuel.

Divulgação/FIVB

Divulgação/FIVB

Os brasileiros enfrentarão na semifinal a grande zebra da competição até o momento, a dupla da Letônia Plavins e Smedins. Décimo sétimo do ranking, o time superou nas quartas os norte-americanos Gibb e Rosenthal, que estão 13 posições à frente dos letões no ranking mundial, de virada, por 2 sets a 1, parciais de 19-21, 21-18 e 15-11.

Os outros dois cruzamentos das quartas de final também serão realizados nesta segunda. Às 18h, os brasileiros Ricardo e Pedro Cunha jogarão contra os alemães Julius Brink e Jonas Reckermann. Uma hora depois, medirão forças os holandeses Richard Schuil e Reinder Nummerdor e os italianos Daniele Lupo e Paolo Nicolai.

A partida

Os poloneses foram mais eficientes no começo da partida e conseguiram marcar 3/1 com uma largada de Fijlaek. Mantendo a tranquilidade, a dupla brasileira tomou a liderança quando Alison sacou para marcar 9/8. Os poloneses chegaram à igualdade no 10º ponto, com um bloqueio de Prudel, e passaram à frente em 13/11, após dois erros de Emanuel. No bloqueio, Alison empatou em 14/14. O Brasil passou a frente em 17/6 e abriu vantagem até o fim, quando Alison garantiu a vitória em 21/17 com uma bola de segunda colocada de manchete.

O bom início dos poloneses se repetiu na segunda parcial: 3/0. A reação brasileira veio ainda mais rápida desta vez e Alison empatou em 5/5 com um ponto de saque. Os poloneses escaparam novamente e fizeram 14/11 com um erro do “Mamute”. Os brasileiros tentaram reagir, mas, mostrando boa regularidade, os poloneses sustentaram a liderança e fecharam o set em 21/16 com um saque de Fijalek.

Os poloneses marcaram 2/0 no início do tie-break, mas, após longo rally, a dupla brasileira empatou. A virada veio em 5/4, com Alison ganhando uma disputa na rede. Outro bloqueio do capixaba ampliou a vantagem para 6/4. No meio do set, os poloneses voltaram a crescer e, aproveitando dois erros de Emanuel, viraram para 10/8. Um erro de Fijalek empatou o placar em 13/13. No final, um ataque potente de Alison definiu a vitória brasileira: 17/15.

Letões


Divulgação

Divulgação


Chegar às quartas de final já era um grande feito para a dupla da Letônia Martin Plavins e Janis Smedins (foto abaixo). Mas eles foram além. Nesta segunda-feira (06/08) o time, 17º no ranking da FIVB, será adversário de Alison e Emanuel nas semifinais de Londres. A dupla iniciou a competição no grupo E e logo de cara venceu os alemãs Erdmann e Matysik, número oito do mundo; no encerramento, venceu os experientes holandeses Nummerdor e Schuil, que estão na quinta colocação no ranking. Martin Plavins (foto acima), inclusive, foi o porta-bandeira da Letônia na cerimônia de abertura dos Jogos no estádio olímpico.


Grupo E

Plavins/Smedins 2 x 1 Erdmann/Matysik (Alemanha, 8ª do mundo), parciais de 19-21, 23-21 e 15-9.

Plavins/Smedins 2 x 0 Fañe/Fernandez (Venezuela, 20ª do mundo), parciais de 21-14 e 21-16.

Divulgação

Plavins/Smedins 2 x 0 Nummerdor/Schuil (Holanda, 5ª do mundo), parciais de 21-14 e 21-18.

Oitavas de final

Plavins/Smedins 2 x 0 Skarlund/Spinnangr (Noruega, 18ª do mundo), parciais de 21-18 e 21-16.

Quartas de final

Plavins/Smedins 2 x 1 Gibb/Rosenthal (Estados Unidos, 4ª do mundo), parciais de 19-21, 21-18 e 15-11.

 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x