Search
Wednesday 2 December 2020
  • :
  • :

Amanda comemora conquista do Sesc RJ Flamengo

Foto: Paula Reis/CRF

O Sesc RJ Flamengo começou bem a temporada. Diante do Fluminense, nesta segunda-feira (19.10), na partida que decidiu o Campeonato Carioca 2020, o time comandado pelo técnico Bernardinho deu um show no bloqueio (19 pontos) e fez 3 sets a 0 (25-22, 25-19 e 25-22), no ginásio Hélio Maurício, na Gávea, levantando pela 16ª vez o caneco da competição.

Um dos pilares do Sesc RJ Flamengo, a ponteira Amanda foi a maior pontuadora do confronto, com 14 acertos. Ciente de que o trabalho ainda está muito no início, e propenso a muitos erros, ela ressaltou o poder de reação do time no primeiro set, quando ficou atrás no marcador a maior parte do tempo.

“O mais importante foi que conseguimos nos reencontrar, nos reorganizamos e entramos no jogo. Nós, as jogadoras mais experientes, como a Juci, que está há muito tempo aqui, e a Fabíola, temos esse papel de dar uma acalmada quando é preciso. Temos como principal característica ser um time que erra pouco, que sempre está lutando para diminuir a quantidade de erros. Claro que o momento, já que é o nosso segundo jogo apenas, pesa bastante para esse número alto de erros que tivemos. Ainda tem o fato de termos peças novas no time e nosso desempenho vai melhorar conforme formos conseguindo entrosamento. O importante é que conseguimos vencer, conseguimos o título, e diante de um grande time como o Fluminense”, analisou Amanda.

Com 10 pontos de bloqueio, a meio de rede Roberta foi o principal destaque do Sesc RJ Flamengo no fundamento. Rubro-negra de coração e cria das categorias de base do clube, ela comemorou muito o título e a oportunidade de integrar um projeto tão vitorioso.

“Sou do Rio, estou vestindo a camisa do meu time do coração, onde fiz toda a divisão de base, e realizei um sonho em ser campeã. Ainda mais em um projeto tão grande quanto o Sesc RJ Flamengo. Agradeço muito a oportunidade que o Bernardinho me deu e espero contribuir sempre para a equipe. Me cuidei muito, da maneira que podia, nesta quarentena e isso tudo é fruto desse trabalho. Espero que seja a primeira conquista de muitas”, disse Roberta.

Agora o Sesc RJ Flamengo se prepara para a disputa do Super Vôlei. Já na próxima semana, o time rubro-negro entrará em quadra, na quarta-feira (28.10), diante do Fluminense, em confronto válido pelas quartas de final. Disputada em sistema mata-mata, a competição será realizada no Centro de treinamento da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), em Saquarema (RJ).

O jogo
Cometendo muitos erros no primeiro set, o Sesc RJ Flamengo viu o Fluminense abrir grande vantagem logo no início (1-5). Sem conseguir pressionar a recepção adversária, o time rubro-negro só conseguiu mudar o panorama quando passou a sacar melhor. Em uma sequência de serviços da ponteira Gabiru, a equipe de Bernardinho diminuiu muito a diferença no placar (13-16). Mas apenas na parte final da parcial veio o empate e a virada. Em um bloqueio da meio de rede Roberta o Sesc RJ Flamengo fez 22-22 e fechou com dois pontos de Ana Cristina: 25-22.

O Sesc RJ Flamengo seguiu no jogo e mandou no segundo set desde o início. O Fluminense chegou a equilibrar o confronto, empatou em 10-10, mas não conseguiu manter sua virada de bola. Com um bloqueio muito eficiente, o time rubro-negro foi abrindo até fechar em 25-19. Destaque para a central Roberta, que fechou o parcial em um block.

Sem querer vender fácil a derrota, o Fluminense chegou a reagir na terceira parcial. Depois de sair atrás, o time tricolor virou (9-10) e se manteve na ponta por um período. O Sesc RJ Flamengo empatou em 18-18 e só conseguiu definir o jogo no fim: 25-22.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x