Search
Tuesday 20 October 2020
  • :
  • :

Ansiedade, esperança e paixão cercam a última rodada da Copa do Mundo

Imagens: Divulgação/FIVB

Imagens: Divulgação/FIVB

Ni Yan não se conteve, após a vitória sobre a Rússia, neste sábado. A meio de rede chinesa nem deve ter escutado quando sua treinadora, Lang Ping, avisou que “é cedo para se alegrar, porque ainda falta um jogo amanhã”, e deu uma potente cortada nas declarações protocolares: ama o time.

 

“Todas jogaram brilhantemente, me sinto muito orgulhosa. Estou apaixonada por essa equipe”, exclamou a central. “Antes da partida, recebemos muitas instruções que tiveram efeito prático e funcionaram bem, (porque) nossas jogadoras mais jovens e as mais velhas se ajudaram mutuamente”, concluiu Yan, que, com 28 anos de idade, é uma das mais experientes da seleção.

 

Ela tem razão para estar efusiva. Depois dos Jogos Olímpicos de Londres, o time chinês passou por reformulação. Disputou o mundial da Itália, ano passado, com uma equipe bem jovem, revelou uma das maiores atacantes do vôlei atual, a ponteira Ting Zhu, e conquistou o vice-campeonato. Agora, 11 anos depois da medalha de ouro em Atenas, a China precisa vencer o Japão para subir de novo no local mais alto do pódio em uma competição de nível mundial. Vencer amanhã significa, também, conquistar uma vaga paras as Olimpíadas do Rio de Janeiro.

 

A Sérvia também está muito perto da vaga olímpica. Pela qualidade dos adversários – enquanto a China tem o time da casa pela frente, as sérvias terão as argentinas –, dá até para dizer que a seleção dos Balcãs seja quem está mais perto do bilhete antecipado para os Jogos da América do Sul. A possibilidade de poupar o time da disputar o pré-olímpico europeu, no ano que vem, ou, até, de um pré-olímpico intercontinental traz uma ansiedade indisfarçável ao técnico Zoran Terzic.

 

“São nove vitórias consecutivas e temos mais um jogo contra a Argentina para conseguirmos um tíquete para os Jogos Olímpicos do Rio-2016. Precisamos jogar partida a partida, pensar no próximo jogo, nada mais, nada menos. Mas, agora, a situação é um pouco diferente, porque sabemos que uma vitória amanhã significa que nós estamos no Rio”, explicou. “Então, definitivamente, não será como nos outros jogos”, arrematou o treinador sérvio.

 

Se o Japão fizer como em 2011, quando venceu os EUA na última rodada e deu o título à Itália, a Sérvia deverá agradecer os anfitriões pelo mesmo motivo. E as norte-americanas, se vencerem as dominicanas, também terão motivo para celebrar a hipotética vitória do Japão, já que isso as classificaria para os Jogos. Mas a situação agora é diferente: se a China perder, deverá ser adversária do Japão no pré-olímpico asiático e intercontinental – que são disputados na mesma competição –, o que não deve ser bom negócio.

 

Quem também ainda está na disputa, mas correndo absolutamente por fora é a Rússia. O time joga contra a Argélia, mas torcendo contra Sérvia, China e EUA. Para poder reservar os apartamentos na Vila Olímpica com antecedência, terá de contar com a derrota de, pelo menos, duas dessas seleções.

 

Veja quais são os jogos da última rodada da Copa do Mundo feminina de Vôlei, na madrugada do domingo, pelo horário de Brasília:

 

23h10 – Quênia x Peru (sábado)
0h10 – Rússia x Argélia
2h10 – Argentina x Sérvia
3h10 – EUA x Rep. Dominicana (transmissão do SporTV)
5h10 – Cuba x Coreia do Sul
7h20 – Japão x China (transmissão do SporTV2)

 

Classificação do campeonato, após dez rodadas:

Imagem: FIVB

Imagem: FIVB




Subscribe
Auto Notificar:
guest
4 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
reih santos

Uma boa copa do mundo, pena que o Brasil não pode participar.
Só acho que FIVB deveria mudar este sistema de pontuação, pois é estranho ver um time com menos pontos ( Servia 24 ) está a frente de outro com maior numero de pontos ( EUA 25 ) por causa do número de vitórias.
O melhor seria toda vitória valer 3 pontos e toda derrota por 3 a 2 valer um ponto, assim um time que venceu mais sempre terá mais pontos que o adversário que venceu menos.

Lulu

A decisão na última rodada é emblemática. É bom que os brasileiros percebam que existem cinco forças no voleibol. Total equilíbrio de qualidades e falhas a corrigir até agosto do ano que vem.

Rafael

Estou torcendo muito pra Sérvia! É uma boa equipe com ótimas jogadoras. Tem tudo pra se classificar, é só reduzir o numero de erros, segurar a ansiedade e jogar contra a Argentina o mesmo que jogou contra Rússia, Japão e Estados Unidos que tudo vai dar certo.

Ronaldo

Na minha opiniao uma vaga ja e da Servia outra vaga acredito eu que fike com a China se nao vacilar diante das japonesas….acho provavelmente dificil de acontecer mas nao impossivel

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x