Search
Monday 23 November 2020
  • :
  • :

Após derrotas, equipes do SESI-SP focam clássicos no fim de semana

Foto: Divulgação/Sesi-SP

Nada de cabeça inchada. As derrotas que os times do Sesi-SP tiveram contra Vôlei Amil e Sada Cruzeiro na terça-feira (03/12) estão no passado e ambos já miram os seus próximos adversários. A equipe de Talmo de Oliveira enfrenta o Molico, rival da final do Campeonato Paulista, em Osasco, na sexta-feira, às 19h30. Já os comandados por Marcos Pacheco viajam para o Rio de Janeiro, onde encaram o RJ Vôlei no sábado, às 21h30, com transmissão do Sportv. Os dois jogos valem pela Superliga. Na competição, o time feminino está na sétima posição, enquanto o masculino ocupa a terceira colocação na tabela.

Para os dois treinadores, as derrotas já ficaram para trás. Agora é trabalhar e pensar nos jogos e na sequência da Superliga. O primeiro a entrar em quadra, Talmo, terá pela frente a dura missão de enfrentar o líder da Superliga, no caldeirão do José Liberatti, em Osasco, e apagar a final do paulista, quando o time foi derrotado por 3-0. Além disso, a meta é também se recuperar na própria competição nacional, após a derrota por 3-2 para o Amil, em casa na última terça-feira. Para o treinador, com o fim do estadual e uma competição apenas no caminho, o time pode trabalhar com mais foco nos objetivos.

“Nosso time agora está voltado apenas para a Superliga. Não temos nada para desviar nosso rumo, nenhuma competição paralela. Teremos mais tempo para nos preparar para os jogos, recuperar algumas jogadoras e acertar tudo para a sequência da Superliga”, disse Talmo, que culpou a ansiedade de estar na final como uma das responsáveis pela última derrota para o rival de sexta.

“Vamos buscar um equilíbrio maior da equipe para esta partida. Naquele jogo, tivemos uma ansiedade que nos prejudicou. Estar na primeira final da equipe, a ansiedade de querer matar a jogada, tudo isso pesou. Agora é uma partida de tabela, no meio da competição, outro cenário. Dá para o time entrar mais focado e sem afobação”.

Talmo também elogiou o sistema de saque e defesa do Osasco e disse que o time precisa ter concentração para não repetir os erros do último jogo. “Elas sacam muito bem. Todo o sistema defensivo é muito bom, bloqueio, recepção. Nós precisamos sustentar bem o saque delas para não prejudicar o passe e ter tranquilidade nas viradas de bola”, completou. Após o clássico contra Osasco, o time terá pela frente outra pedreira, o Unilever, na terça-feira, na Vila Leopoldina. 

Naquele que era um dos confrontos mais aguardados da competição,  o time masculino perdeu de 3-0 para o Sada Cruzeiro. Para o técnico Marcos Pacheco, o resultado bateu forte na equipe, deixou lições, mas já virou história. O jogo de sábado contra o Rio de Janeiro, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, na Zona Norte da capital carioca, não dá muito tempo para pensar no que já ocorreu.

“Tudo tem o seu tempo. Eu não tinha dúvidas de que o Sada, em termos de entrosamento e time, estava mais bem estruturado do que nós. Eles têm um time multicampeão. O ritmo e o entrosamento, o tempo jogando junto, os jogadores que chegaram se adaptaram rápido. Eles estão num estágio acima do nosso, sem dúvida, e nós não tivemos competência e capacidade para igualar isso, neste momento. Mas tem muita coisa para acontecer ainda e não tenho dúvidas de que no próximo confronto estaremos em outro momento”, apontou Pacheco, que prefere já pensar na frente, mais especificamente no Rio de Janeiro.

“O RJ Vôlei é um time muito forte, com jogadores excelentes e tem as mesmas ambições que a gente. É um jogo muito importante, que vale a segunda colocação e temos que buscar a vitória. Não tem jeito”, disse, ignorando os problemas financeiros da equipe.

“Isso não influencia em nada. Conheço a maioria dos jogadores que estão lá e eles vão deixar isso do lado de fora. São craques e sabem muito bem separar tudo. É uma situação difícil? É, concordo, mas não vai mudar nada. O jogo será duríssimo, completou.

Com uma contratura na panturrilha, o meio de rede Sidão continua fora do time com volta prevista apenas para o dia 14, na Vila Leopoldina, contra o Montes Claros. 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x