Search
Wednesday 28 October 2020
  • :
  • :

Após ser presa por tentar ver jogo de vôlei, iraniana ganha condicional

Divulgação/Anistia Internacional

Ghoncheh Ghavami já perdeu 10 kg por conta da greve de fome que está fazendo

Ghoncheh Ghavami, a torcedora iraniana que ficou conhecida no mundo inteiro após ser presa ao tentar assistir uma partida da Liga Mundial de vôlei, conseguiu minimizar um pouco seu sofrimento: de acordo com a imprensa do país, ela foi colocada em liberdade condicional.

Para isso, porém, Ghavami precisou pagar uma fiança de cerca de R$ 97 mil. Além disto, ela estaria sofrendo com problemas de saúde, ocasionados por conta de uma greve de fome que começou em 2 de novembro, data em que foi condenada a um ano de prisão, e já a fez perder 10 kg.

Em entrevista à agência de notícias AFP, o irmão de Ghoncheh, Iman Ghavam, deu mais detalhes sobre o assunto. “Consegui falar com ela só por alguns segundos. Ela estava feliz, mas sofrendo com problemas gástricos por conta da greve de fome”, afirmou.

Não bastasse a detenção, a mulher, que também tem cidadania britânica, não pode deixar o país por dois anos, mas ainda tem direito a recorrer da decisão.

A FIVB (Federação Internacional de Vôlei) já se pronunciou formalmente a favor de Ghoncheh. A entidade também retirou o direito do país em sediar o Mundial masculino sub-19 de 2015. Por outro lado, os iranianos continuarão com o direito de receber jogos da Liga Mundial no ano que vem.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x