Search
Monday 12 April 2021
  • :
  • :

Assistente brasileiro pode compartilhar experiência na base dos EUA

Vinicius durante simpósio do Instituto Compartilhar. (Foto: Divulgação/Instituto Comparilhar)

O Brasil é visto como referência no vôlei também não somente pelos atletas conhecidos do grande público. A cada temporada, novos atletas e treinadores passam a atuar no exterior e o mercado tem cada vez mais olhos para os profissionais que atuam nos bastidores. É o caso do assistente técnico Vinicius Afonso Petrunko que, por muitos anos, trabalhou no projeto social do Rexona, em Curitiba-PR.

Em breve, ele poderá levar sua experiência para os Estados Unidos, que têm grande foco na formação de base, tanto em escolas quanto em universidades. Entre 1997 e 2004, Vinicius se desenvolveu profissionalmente atuando ao lado de nomes, como Bernardinho, Hélio Griner e Ricardo Tabach. Após a mudança do time adulto para o Rio de Janeiro, ele permaneceu no Instituto Compartilhar, coordenando 24 núcleos.

Como assistente de Griner, Vinicius também representou o Brasil em três edições do Universíade (2009, 2011 e 2013), que é a principal competição voltada para universitários de todo o mundo, desenvolvida nos moldes olímpicos.

Do projeto, diversos talentos foram descobertos, como é o caso da levantadora Roberta Ratzke, que defende o Sesc RJ e a seleção feminina, sendo considerada uma das melhores do país na posição.

Foto: Arquivo Pessoal

Após passar férias nos Estados Unidos, o profissional conheceu trabalhos de base em Dallas e Seatle. Daí, surgiu a possibilidade de atuar no país. “A estrutura deles é um exemplo para o esporte e acredito que posso contribuir como a minha experiência técnica, uma área ainda carente nessas categorias”, disse.

Ciente da responsabilidade, Vinicius analisa propostas recebidas de alguns clubes e, caso aceite, planeja passar de duas a três temporadas nos EUA.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
1 Comentário
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Antonio

Clubes? Clubes nos eua sao escolinhas. O nível mais alto lá é o universitário.
Essa matéria foi escrita apenas para dar uma força no visto dele ou algo assim?

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x