Search
Thursday 29 October 2020
  • :
  • :

Azzurra no Rio

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

Campeã mundial, líder da Copa do Mundo e invicta. E, de súbito, a Seleção Polonesa foi desviada da trilha olímpica para o caminho da arquibancada. Se quiser confirmar presença nas Olimpíadas do Rio de Janeiro ainda nesta quarta-feira, a seleção branca e vermelha precisará torcer por uma vitória da eliminada Argentina sobre os EUA. Isso porque, na abertura da rodada final da Copa do Mundo, a Polônia perdeu para a Itália por 3 sets a 1 (26-24, 22-25, 25-22, 25-19), e quem saiu de quadra comemorando o bilhete olímpico foi o time de Ivan Zaytsev.

 

Dois meses atrás, a Seleção Italiana estava em crise. Mauro Berruto era o técnico e excluiu quatro jogadores das finais da Liga Mundial por indisciplina – Zaytsev e Travica, titulares, entre eles. Berruto pediu demissão dias depois, seu assistente técnico, Gianlorenzo Blengini, assumiu o cargo. Zaytsev voltou ao grupo, o ítalo-cubano Osmany Juantorena foi convocado, o time se acertou na Copa do Mundo e conquistou uma suada classificação para as olímpiadas. Pelo menos, foi bem suada nos primeiros sets.

 

O central polonês Bieniek castigava o passe italiano no saque, conseguiu seis aces. Mas o ataque azul foi irrepreensível, principalmente, pelas pontas. Juantorena foi o maior pontuador do jogo, com 25 anotações, sendo 21 só no ataque, dez só no primeiro set. Zaytsev marcou 18 pontos e Lanza, 14. O maior pontuador da Polônia foi Kurek, com 21 pontos, 19 no ataque, mas ninguém de seu time acompanhou seu bom rendimento nas cortadas.

 

As duas primeiras parciais foram bastante parelhas, decididas numa boa atuação de Juantorena no primeiro set e num vídeo check na reta final do set seguinte, que parou demasiadamente a partida e favoreceu a Polônia, tanto na decisão quanto pela demora. No terceiro set, a Itália assumiu a liderança ainda no primeiro tempo técnico, mesmo com a Polônia abrindo 6 a 3, e, no último set, a Itália só foi ameaçada quando a Polônia fez três pontos seguidos e encostou em 11 a 10. Mas os campeões mundiais perderam algumas boas chances e renderam definitivamente.

 

Se os EUA vencerem a Argentina, serão campeões da Copa do Mundo, não importando o placar. Se perderem, a Itália levanta o troféu da competição pela segunda vez e a Polônia respira aliviada, com a vaga para o Rio assegurada.

 

EUA e Argentina se enfrentam a partir das 6h40, pelo horário de Brasília.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x