Search
Tuesday 1 December 2020
  • :
  • :

Bento Vôlei recebe Sesi na estreia da Superliga B

Foto: Andreia D. Fotografia

O time de Bento Gonçalves tem sua primeira partida em casa no campeonato nacional que classifica o campeão para a Superliga 2014/2015. O jogo contra o Sesi (SP) ocorre nesta quinta-feira, 16 de janeiro de 2014, às 20h, no Ginásio Municipal (Av. Presidente Costa Silva, 212 – bairro Planalto).

No segundo embate da tabela, contra o Santo André, o Bento Vôlei seguirá como mandante, no mesmo horário e local, no sábado 18 de janeiro. Os ingressos avulsos para cada partida custam R$ 10,00.

Na cidade da Serra gaúcha, a expectativa é contar com amplo apoio da torcida, que registrou os recordes de público do Campeonato Estadual disputado entre agosto e novembro de 2013. Atual vice-campeão gaúcho, o elenco recebeu três reforços e segue comandado pelo técnico Fernando Rabelo.

Apesar da experiência, o levantador Daniel Roger Luz, o Brasília, disputa pela primeira vez a Superliga B neste formato. Segundo o atleta, as orientações são para manter a atenção redobrada: “A intenção é vencer todas que forem possíveis para nos garantirmos entre os quatro primeiros da tabela desde o começo do campeonato”.

Fora da quadras, a tranquilidade com que Fernando Mendes Rabelo conduz as conversas durante os intervalos do jogo surpreende até mesmo quem está acostumado a coberturas de voleibol. Natural de Taquara, aos 47 anos, uma das características profissionais mais marcantes do comandante do Bento Vôlei é como ele trabalha o fator psicológico de seus jogadores. São 26 anos no esporte: 2 anos como técnico, 3 anos como preparador físico e 21 anos como atleta profissional. Além do clube de Bento Gonçalves, já passou por Frangosul, Suzano, Flamengo e Palmeiras.

Em entrevista no Ginásio Municipal, após um treino na manhã de sábado, Rabelo avalia a atuação do time no Estadual, comemora a evolução de alguns atletas (física, emocional e técnica) e projeta o trabalho para a Superliga B: “O objetivo é ganhar, vencer a competição. Sabemos que é muito difícil, pois há mais equipes e mais qualificadas, com jogadores mais experientes”.

Sobre o capitão Dentinho, reconhece sua grande importância dentro e fora de quadra. Com grande nível técnico, o atleta é coordenador geral do clube e também se empenhou na seleção de jogadores. Rabelo conta que durante o processo de montagem do time, o ponteiro e dirigente prospectava o mercado, ouvia as solicitações e mostrava as opções para o comandante. A partir disso, eles discutiam em conjunto as contratações.

“Montamos uma equipe equilibrada e competitiva para a Liga B. O resto é fazer dentro de quadra”, afirma Rabelo. “Tenho mais opções de peças para o time, hoje posso fazer inversão de jogo. O entrosamento também evoluiu bastante. Agora estamos nos ajustes finais, a fase atual é de polimento.” O Bento Vôlei deve entrar brilhando no ginásio nesta quinta-feira.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x