Search
Wednesday 18 September 2019
  • :
  • :

Brasil analisa triunfo diante da Argentina

Foto: Gaspar Nóbrega/Inovafoto/CBV

A seleção brasileira feminina de vôlei começou com vitória a série de amistosos contra a Argentina. Neste domingo (18.08), o Brasil venceu a Argentina por 3 sets a 0 (25/8, 25/17e 27/25), na Arena Suzano, em São Paulo (SP). A partida marcou a volta da oposta Sheilla, da central Fabiana e da líbero Camila Brait. Os amistosos servem de preparação para os próximos desafios das brasileiras na temporada: o Campeonato Sul-Americano de 28 de agosto a 1º de setembro, no Peru, e a Copa do Mundo, de 14 a 29 de setembro, no Japão.

O Brasil voltará à quadra contra a Argentina na próxima terça-feira (20.08), às 21h30. O SporTV 2 transmitirá ao vivo.

A oposto Sheilla, que recebeu um grande carinho da torcida quando foi chamada pelo treinador José Roberto Guimarães para entrar em quadra ainda no primeiro set, comentou sobre a emoção de voltar a defender as cores do Brasil.

“Em 2016 achei que o meu ciclo na seleção feminina tinha acabado. Quando conversei com o Zé Roberto percebi que ainda queria jogar pelo Brasil. Hoje foi muito bom sentir esse frio na barriga e estou feliz de vestir essa camisa novamente. A emoção foi ainda maior porque as minhas filhas estavam na arquibancada”, disse Sheilla.

A líbero Camila Brait também mostrou emoção com o retorno para a seleção feminia.

“Estou muito feliz. Já realizei um grande sonho que era ser mãe e agora tenho como objetivo disputar os Jogos Olímpicos. Fui muito bem recebida pelas jogadoras e a comissão técnica. Foi muito bom estar em quadra novamente com essa camisa e essa partida foi muito positiva para ganharmos ritmo de jogo”, afirmou Camila Brait.

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise da partida e agradeceu o apoio recebido pelos torcedores de Suzano.

“Foi muito bom jogar com o ginásio lotado diante da nossa torcida. O mais importante na partida de hoje foi que todas as jogadoras puderam participar do jogo. Isso é positivo na nossa preparação para o Sul-Americano. Foi uma festa bonita e tiramos aspectos positivos desse amistoso”, explicou José Roberto Guimarães.

A ponteira Amanda foi a maior pontuadora do time verde e amarelo, com 10 acertos.

Nesta temporada, a seleção feminina carimbou no início de agosto o passaporte para os Jogos Olímpicos de Tóquio ao terminar o Pré-Olímpico com três vitórias em três jogos. No final de julho, as brasileiras conquistaram a medalha de prata na Liga das Nações. A fase final da competição foi disputada em Nanquim, na China. Na ocasião, três brasileiras entraram na seleção da Liga das Nações. A levantadora Macris, a ponteira Gabi e a central Bia foram eleitas as melhores das suas posições.

Criança Esperança

As jogadoras do Brasil participaram do amistoso com a marca da Criança Esperança, campanha nacional de mobilização social que busca a conscientização em prol dos direitos da criança e do adolescente promovida pela TV Globo, estampada nas camisas. Ao final dos amistosos, as camisas serão doadas para a TV que realizará um leilão com as camisas revertendo a verba em prol da campanha.

EQUIPES:

BRASIL – Macris, Tandara, Drussyla, Amanda, Bia e Fabiana. Líbero – Léia
Entraram – Mara, Gabi Cândido, Roberta, Sheilla, Lorenne, Carol, Milka, Camila Brait
Técnico – José Roberto Guimarães

AMISTOSOS

Seleção feminina

18.08 (DOMINGO) – 10h – Brasil 3 x 0 Argentina (25/8, 25/17 e 27/25)

20.08 (TERÇA-FEIRA) – 21h30 – Brasil x Argentina – Suzano (SporTV 2)




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »