Search
Monday 30 November 2020
  • :
  • :

Brasil bate Argentina no tie-break e fica com título Sul-Americano

Foto: Patrícia Lima

A seleção brasileira conquistou neste sábado (10/08) o seu 29º título sul-americano masculino derrotando no jogo final a Argentina por 3 a 2, parciais de 19-25, 25-20, 25-19 e 24-26 e 15-10, em Cabo Frio (RJ).

Diferente dos outros jogos, além da rivalidade, o Brasil encontrou todas as dificuldades possíveis: saiu atrás, virou, teve uma sequencia de Match points salvos pela Argentina, mas no final, prevaleceu a maior qualidade e experiência do time brasileiro.

Com o ginásio lotado, o Brasil viveu situações que só encontraria com um adversário deste nível: provocações, broncas do técnico Bernardinho, que num momento do jogo sacou Mário Jr. para chamar sua atenção e muito mais.

No quarto set, o Brasil vencia por 24 a 20 e num apagão, permitiu a virada argentina que forçou o tie-break. No set final, o Brasil conseguiu abrir vantagem e vencer.

Brasileiros e argentinos se classificaram para o Mundial da Polônia em 2014. Com o título, o Brasil também se garantiu na Copa dos Campeões, no Japão.

“É gratificante demais ser campeão com boa atuação. Passei por momento difíceis, por uma cirurgia, mas tive a ajuda de muitas pessoas para me recuperar. Mais um campeonato, mais um título e ser campeão é sempre muito importante. Tive pouco tempo de preparação, mas sempre procurei trabalhar bem e com tranquilidade. Posso botar minha cabeça no travesseiro feliz, com o sentimento de dever cumprido”, Sidão.

Capitão do Brasil, o levantador Bruninho comemorou, também, o fato de ganhar ao lado da torcida. “O pessoal esteve presente em todos os jogos e nos apoiou a todo instante. Isso foi importantíssimo na conquista do título”, afirmou Bruno, eleito o melhor levantador do Sul-Americano.

O melhor líbero foi o brasileiro Mário Jr. “Estou muito feliz. É o primeiro título dessa nova geração que está se renovando e isso é muito importante. Sabíamos que esse jogo seria o mais difícil e fizemos uma partida bastante dura”, comentou Mário Jr.

O maior pontuador da partida, Quiroga, não se contentou com o segundo lugar, mas fez questão de elogiar o seu time. “Não saio satisfeito da quadra, mas achei que a Argentina jogou muito bem e mostrou o nível em que está”, destacou.

Colômbia vence o Paraguai e fica com bronze

No primeiro joga da noite, a Colômbia venceu o Paraguai. Após um primeiro set equilibrado, quando levou um susto, a Colômbia dominou o restante do jogo e venceu por 3 sets a 0, com parciais 25-23, 25-13 e 25-15, em 1h09 de jogo. Apesar da derrota, o paraguaio Gaona foi o maior pontuador da partida, com 12 acertos. Pelo time colombiano, Piza marcou 11 vezes.

CLASSIFICAÇÃO

1º – Brasil
2º – Argentina
3º – Colômbia
4º – Chile
5º – Paraguai

MELHORES DO CAMPEONATO

Levantador – Bruno (Brasil)
Oposto – Moreno (Colômbia)
Centrais – Sidão (Brasil) e Solé (Argentina)
Ponteiros – Lucarelli (Brasil) e Quiroga (Argentina)
Líbero – Mário Jr. (Brasil)
Melhor jogador do campeonato – Sidão (Brasil)




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x