Search
Saturday 26 September 2020
  • :
  • :

Brasil busca reação, mas é superado pela Turquia e perde a primeira no Grand Prix

Créditos: Divulgação/FIVB

A seleção brasileira feminina de vôlei perdeu a invencibilidade no Grand Prix. Depois de nove jogos, o Brasil foi superado pela Turquia por 3 sets a 2 (25/19, 25/23 e 21/25, 19/25 e 15/12) na primeira partida pela fase final da competição, no Ariake Collesium, em Tóquio, no Japão. O time verde e amarelo é o atual campeão e luta pelo décimo título.

O Brasil fez os três primeiros pontos da partida, mas a Turquia virou o marcador com um ace (4/3). A central Thaísa se destacava no ataque e as brasileiras foram para o primeiro tempo técnico com um de vantagem (8/7). Bem no bloqueio, as turcas viraram o marcador e abriram dois (10/8). O time europeu seguiu melhor e fez 16/11. Quando placar estava 19/13 para a Turquia, o treinador José Roberto Guimarães pediu tempo. As turcas seguraram a vantagem a até o final e venceram o primeiro set por 25/18.

O Brasil voltou melhor para o segundo set e fez 4/2. Com um ace, a Turquia empatou (7/7). Bem no saque e no bloqueio, as turcas abriram três (12/9). O time europeu foi para o segundo tempo técnico com quatro de vantagem (16/12). Em uma boa sequência de saques da oposto Sheilla, o time verde e amarelo virou o marcador (17/16). O final da parcial foi disputado ponto a ponto. No entanto, a Turquia foi melhor nos momentos decisivos e venceu o primeiro set por 25/23.

As turcas mantiveram o bom momento no início do terceiro set e fizeram 6/2. O treinador José Roberto Guimarães trocou as opostos. Entrou Tandara e saiu Sheilla. O time brasileiro fez três pontos seguidos e encostou (6/4). Se aproveitando dos erros do time verde e amarelo, a Turquia voltou a abrir (12/6).A ponteira Gabi e a central Carol também vieram para quadra nos lugares de Fê Garay e Thaísa, respectivamente. No segundo tempo técnico, a vantagem turca era de dois pontos (16/14). O Brasil cresceu de produção e virou o marcador (18/17). As brasileiras foram seguraram a vantagem e venceram o terceiro set por 25/21.

Numa boa sequência de saques da central Carol, o Brasil fez 6/2 no início do quarto set. Com muito volume de jogo, a Turquia encostou (11/10). O time verde e amarelo voltou a abrir e fez (16/12). Os contra-ataques do time europeu voltaram a funcionar e as turcas empataram (17/17). O treinador José Roberto Guimarães inverteu o cinco e um. Entraram Sheilla e Fabíola e saíram Dani Lins e Tandara. A substituição fez bem as brasileiras que abriram quatro (21/17). O Brasil seguiu melhor até o final e fechou o quarto set com 25/19.

A Turquia começou melhor o tie-break e fez 4/1. O saque turco dificultava a recepção brasileira. Bem no bloqueio, o Brasil encostou (9/8). O set ficou disputado ponto a ponto. O time europeu foi melhor no final da parcial e venceu o set por 15/12 e o jogo por 3 sets a 2.

A maior pontuadora do jogo foi ponteira turca Gozde Sonsirma, com 23 pontos (22 em ataques e um em bloqueio). Neriman Ozsoy também teve alta pontuação, contribuindo com 21 pontos (18 em ataques, um em bloqueio e dois em saque). 

Pelo lado brasileiro, a maior pontuadora foi a oposta Tandara, que entrou a partir do quatro set e anotou 20 pontos (19 em ataques e um em bloqueio). Jaqueline aparece em seguida, com 14 pontos. Destaque para a boa entrada das reservas Carol e Gabi, que marcaram 7 e 9 pontos respectivamente.

Brasil – Dani Lins, Sheilla, Fernanda Garay, Jaqueline, Thaísa e Fabiana. Líbero – Camila Brait. Entraram: Tandara, Fabíola, Gabi, Carol e Monique. Técnico: José Roberto Guimarães

Turquia – Naz, Sonsirma, Akman, Guidetti, Ozsoy e Ismailoglu. Líbero – Karadayi. Técnico – Massimo Barbolini 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x