Search
Sunday 25 October 2020
  • :
  • :

Brasil começa caminhada no mundial sub-18 com vitória suada

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

A trajetória da Seleção Brasileira feminina sub-18, no Campeonato Mundial do Peru, começou, na noite do sábado, com uma vitória duramente conquistada sobre o Japão. Além de a torcida peruana haver escolhido o lado asiático para torcer, as parciais de 25-19, 33-31, 28-26 não deixam dúvida de que o encontro resultou numa disputa renhida.

 

“O placar foi 3 a 0, mas o jogo foi muito complicado, por causa da pressão do Japão e da torcida local”, disse a capitã e levantadora Amanda, que só entrou em quadra no decorrer do segundo e do terceiro sets.

 

A maior pontuadora do Brasil na partida foi a ponteira Nyeme, com 16 anotações, seguida da oposta Beatriz, com 15, e da central Diana, com 13. Pelo lado japonês, só uma jogadora conseguiu dois dígitos nas estatísticas de pontuação: a ponteira Ai Korugo fez 23 pontos, e castigou o passe brasileiro com seis aces. Em pontos de saque, o placar a favor do Japão foi 10 a 0. Em compensação, o ataque verde-amarelo produziu 49 pontos contra 39 das japonesas e o bloqueio se impôs com 11 anotações a 5.

 

No primeiro set, o Brasil assumiu o controle do placar no segundo tempo e venceu com certa facilidade. Mas, a partir do segundo set, quando o Japão equilibrou as ações, o público do ginásio em Lima passou a incentivar as nipônicas. No set mais demorado da competição até aqui, com 38 minutos de duração, o Brasil fez 2 a 0.

 

O Japão começou a derradeira parcial abrindo 4 a 0, mas o Brasil já equilibrando as ações antes do primeiro tempo técnico. A partir daí, as brasileiras até abriram 18 a 14, mas permitiram a igualdade japonesa em 22 pontos, e só conseguiram fechar o jogo depois de evitar dois set points adversários.

 

“Jogar contra o Japão é um grande aprendizado para nós, porque atacar não é o suficiente. Se você quiser ganhar uma partida, precisa defender também. Temos que melhorar para o jogo seguinte, porque o campeonato tem equipes muito fortes”, avaliou o técnico Luizomar de Moura.

 

No outro jogo do grupo D, a Turquia aplicou um 3 a 0 sobre Cuba, com um triplo 25-14. Neste domingo, às 18h, pelo horário de Brasília, o Brasil volta à quadra para enfrentar a Turquia.

 

Veja os resultados do sábado dos outros grupos:

 

A – Peru 3-2 México (22-25, 25-18, 21-25, 25-14, 15-11)
A – Coreia do Sul 2-3 Taiwan (23-25, 25-20, 22-25, 12-25, 15-13)
B – China 3-1 Sérvia (25-21, 25-17, 24-26, 25-23)
B – Polônia 3-2 Tailândia (25-21, 26-28, 25-10, 22-25, 15-13)
C – Bélgica 3-0 Argentina (29-27, 25-22, 25-20)
C – EUA 3-0 Rep. Dominicana (25-15, 25-17, 25-17)




Subscribe
Auto Notificar:
guest
1 Comentário
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Aline

AGOSTO mês do DESGOSTO!!! Mas qual é o maior de desgosto: Não poder assistir à seleção BI-CAMPEÃ OLÍMPICA,O BRASIL,confrontar as melhores seleções do planeta na COPA DO MUNDO-2015 A desculpa para o ABSURDO DE IMPEDIREM o Brasil de participar da COPA DO MUNDO é que como país sede, o Brasil já estaria classificado para a Olimpíada-2016. Mas e o título da COPA DO MUNDO? E os 100 pontos no RANKING? Fatos relevantes: 1. Os EUA sediaram as OLIMPÍADAS DE ATLANTA-1996 e participaram da COPA DO MUNDO-1995. 2. O JAPÃO sediará as OLIMPÍADAS DE TÓQUIO-2020 e participará da COPA DO MUNDO-2019,… Ler mais »

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x