Search
Friday 27 November 2020
  • :
  • :

Brasil derrota a Argentina por 3 a 0

 27/11/11 –  Parecia até que o Brasil jogava em casa neste domingo (27.11). Pela grande presença de brasileiros no ginásio e pela vitória sobre a Argentina por 3 sets a 0, parciais de 25-22, 25-20 e 25-21, em 1h16 de jogo. O confronto, realizado na Hamamatsu Arena, marcou a estreia do Brasil na terceira fase da Copa do Mundo.

"); // -->

 

Nesta segunda-feira (28.11), os brasileiros enfrentarão os cubanos, às 4h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Globo e dos canais Sportv e Esporte Interativo. O último jogo do Brasil em Hamamatsu será na terça-feira (29.11), às 7h20, contra a Sérvia.

Maior pontuador, com 17 acertos, o oposto brasileiro Leandro Vissotto ainda foi eleito o melhor jogador da partida. O jogador destacou o valor do resultado conquistado neste domingo.

“Estamos contentes com essa vitória, que foi importantíssima na nossa trajetória. O título é construído a cada dia e esse foi mais um passo para alcançarmos esse que é um dos nossos objetivos aqui no Japão. Mas, primeiro, pensamos na classificação para as Olimpíadas”, comentou Vissotto, sobre as vagas conquistadas pelos três primeiros colocados da Copa do Mundo.

Bernardinho saiu de quadra satisfeito com a vitória, mas não totalmente com o desempenho do Brasil nesta partida.

“Estivemos um pouco apáticos no início do jogo e, independentemente do resultado, temos que buscar uma melhora de atuação sempre. Acho que hoje não alcançamos esse objetivo de melhorar e de usar o jogo de hoje como um degrau a mais para conseguir um desempenho ainda melhor”, comentou Bernardinho.

“Voltamos a errar um pouco mais hoje, mas três pontos sempre são importantes para a nossa classificação”, ressaltou o treinador brasileiro.

O jogo

A partida começou equilibrada. As equipes trocaram pontos até o primeiro tempo técnico, quando os argentinos venciam por 8/7. A Argentina chegou a abrir dois pontos em 10/8, mas com bom saque de Marlon, a equipe brasileira empatou o jogo. Nenhum dos dois times conseguia abrir vantagem no marcador e quando o Brasil fez 18/15, o treinador argentino pediu tempo. O final do set seguiu disputado, com empate em 22 pontos, mas o Brasil foi superior e fechou em 25/22.

A segunda parcial começou melhor para a equipe brasileira, que foi para o primeiro tempo técnico vencendo por 8/6. O time verde e amarelo conseguiu manter uma vantagem de três pontos (14/11) em boa parte do set. E, com o ritmo forte, fechou o segundo set em 25/20.

Na parcial seguinte, mais uma vez argentinos e brasileiros fizeram um início equilibrado. Depois, os brasileiros conseguiram se distanciar e, com ace de Giba, fizeram 11/7. Em boa sequência de Marlon no saque, a equipe verde e amarela aumentou a vantagem para 15/9. No final, o equilíbrio voltou a prevalecer, mas o Brasil levou a melhor e, com bloqueio de Sidão, venceu por 25/21.

Brasil – Marlon, Vissotto, Lucas, Sidão, Giba e Murilo. Líbero: Serginho. Entraram: Theo, Bruno e João Paulo Bravo. Técnico – Bernardinho.

Argentina – De Cecco, Pereyra, Gauna, Solé, Quiroga e Giustiniano. Líbero: Lopez. Entraram: Bruno, Castellani, Poglajen, Cavanna e Crer. Técnico: Javier Weber




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x