Search
Friday 4 December 2020
  • :
  • :

Brasil dispensa Hermanos e é Campeão Sul-Americano

 25/09/11 – Apesar da fraca arbitragem, a Seleção Brasileira bateu a Argentina por 3 sets a 1 e é a Campeã do Sul-Americano. Foram parciais de 25-20, 19-25, 25-23 e 25-21. O Sul-Americano dá, além do título, vagas para a Copa do Mundo, o final do ano, no Japão, onde os três primeiros colocados conseguirão as vagas para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

O jogo

O confronto começou com erros, principalmente de saque, para os dois lados. O Brasil se mantinha à frente no placar e, no primeiro tempo técnico, tinha vantagem de dois pontos (8/6). A mesma diferença foi sustentada até o segundo tempo técnico (16/14). Na reta final do set, os brasileiros conseguiram ampliar a vantagem e, com bloqueio de Murilo venceram por 25/20. Dante foi o maior pontuador, com seis pontos.

Na parcial seguinte, os argentinos começaram liderando o marcador (10/7). A seleção do técnico Javier Weber seguiu dominando a parcial até 17/12, quando Bernardinho parou o jogo e pediu tempo. Mas a equipe manteve o ritmo forte e a liderança no set. No final, melhor para os argentinos, que fecharam em 25/19 e levaram o Brasil a perder o primeiro set na competição. Dante foi novamente destaque, com quatro pontos.

O saque do ponteiro Murilo esteve arrasador no início da terceira parcial e o Brasil abriu 4/1, quando o treinador argentino pediu tempo. A situação não mudou e a equipe verde e amarela fez 8/3. A Argentina encostou em 12/11 e o jogo ficou igual em 15 pontos. O equilíbrio fez parte de toda a parcial, que terminou favorável ao Brasil em 25/23. Mais uma vez, o ponteiro Dante foi quem mais marcou, com cinco pontos.

O último set foi todo favorável aos brasileiros, que não tivera facilidade, mas conseguiram impor um ritmo forte e se manter no comando do marcador. Quando a Argentina se aproximou (19/18), mais uma vez Bernardinho pediu tempo. A parada funcionou e o bloqueio de Sidão ampliou a vantagem para dois pontos. No final, melhor para o Brasil que, com saque de Sidão, fechou o set em 25/21 e o jogo em 3 sets a 1.

Brasil – Marlon, Wallace, Sidão, Lucas, Murilo e Dante . Líbero – Serginho. Entraram: Theo, Bruno e Rodrigão. Técnico – Bernardinho

Argentina – De Cecco, Pereyra, Sole, Crer, Conte e Quiroga. Líbero – Gonzalez. Entraram: Giustiniano e Ocampo. Técnico – Javier Weber




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x