Search
Wednesday 21 October 2020
  • :
  • :

Brasil é derrotado pela Argentina e perde a invencibilidade no Mundial Sub-21 Masculino

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

A Seleção Juvenil Masculina Brasileira não conseguiu repetir as boas atuações da primeira fase do Mundial da categoria, realizado no México. Nesta terça-feira (15/09), o time do Brasil, até então invicto na competição, foi superado pela Argentina. Os rivais sul-americanos levaram a melhor por 3 sets a 0 (29/27, 25/18 e 25/19) em 1h30 de jogo no ginásio do Centro de Alto Rendimento em Tijuana.

 

O jogo rápido dos argentinos dificultou a defesa e o bloqueio brasileiro. A boa distribuição do levantador Matías Sanchez fez a diferença para a equipe alva e celeste. Pelo Brasil, o destaque foram Madaloz e Leozinho que marcaram 9 vezes cada. Bruno Lima, da Argentina, foi o maior pontuador, com 13 acertos. Ao fim da partida, o capitão do time verde e amarelo, Fernandinho, comentou o resultado.

 

“Desde o começo do jogo nossa atitude foi diferente dos confrontos anteriores. Acho que isso fez com que os argentinos crescessem em quadra e tomassem conta da partida de tal forma que não conseguimos dar a volta por cima”, disse o levantador.

 

O técnico do Brasil, Léo Carvalho, lamentou o resultado, especialmente em relação ao comportamento do time. Para o treinador, o duelo contra os argentinos foi uma lição para os atletas que seguem na busca pelo título.

 

“A Argentina entrou para jogar como se deve entrar para um clássico. Acreditávamos que a bela atuação contra a China seria suficiente. A partir de agora estamos com a corda no pescoço, e não podemos mais deixar as oportunidades passarem. Temos que produzir um bom voleibol, e hoje não conseguirmos”, contou o treinador.

 

Mesmo com o revés o Brasil ainda segue na luta pelo campeonato. Nesta quarta-feira (16/09), o time volta à quadra para enfrentar a Eslovênia, às 21h (horário de Brasília). A vitória, preferencialmente por 3 sets a 0, é indispensável para manter as pretensões brasileiras ao título. No outro confronto da chave os argentinos terão a Turquia pela frente.

 

Em 2015 a disputa do título envolve 16 países divididas em quatro grupos com quatro times em cada. No grupo A os mexicanos, donos da casa, o Canadá, a Turquia e o Egito. No B, a Argentina, a Polônia, os EUA e a Rússia. O Brasil está no grupo C com Cuba, China e Irã. França, Itália, Eslovênia e Japão formam o grupo D. Na primeira fase as equipes de cada grupo jogam entre si e os dois melhores avançam para a etapa seguinte que formará dois novos grupos: o E e o F. A fórmula se repete e os dois melhores do E e do F avançam para a semifinal.

 

MUNDIAL JUVENIL MASCULINO TABELA

1ª FASE – Grupo C

11.09 (SEXTA-FEIRA) – BRASIL 3×0 Cuba – (25/21, 25/18 e 25/15)

12.09 (SÁBADO) – BRASIL 3×0 Irã – (25/11, 25/18 e 25/21)

13.09 (DOMINGO) – BRASIL 3×1 China – (26/24, 25/22, 23/25 e 25/22)

2ª FASE – Grupo E

15.09 (QUARTA-FEIRA) – BRASIL 0x3 Argentina – (27/29, 18/25 e 19/25)

16.09 (QUINTA-FEIRA) – BRASIL x Eslovênia – às 21h (hora de Brasília)

17.09 (SEXTA-FEIRA) – BRASIL x Turquia – às 21h (hora de Brasília)




Subscribe
Auto Notificar:
guest
2 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Mocreia_Passiva

Só falta o FEMININO PERDER P ARGENTINA… ai digo que é o FIM DO VOLLEYBAL BRASILEIRO… MANDA ENTERRAR!!!

manu

outra vez,,,,, sera que viramos fregueses !!

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x