Search
Saturday 19 September 2020
  • :
  • :

Brasil é superado pela Itália em sua estréia na Liga Mundial

Foto: Divulgação/FIVB

Brasil e Itália entraram em quadra, na Arena Jaraguá, na cidade de Jaraguá do Sul (SC), para suas estreias na Liga Mundial 2014. E a equipe visitante levou a melhor ao vencer por 3 sets a 1 (25/19, 27/25, 22/25 e 25/21), em 2h01. A equipe verde e amarela é a maior vencedora da história da competição, com nove títulos. Porém, do outro lado também esteve um grande vencedor, com oito conquistas.

A Itália começou melhor e abriu 4/1 logo no começo do jogo. Quando os italianos marcaram 5/1, o técnico Bernardinho pediu tempo. O placar ainda foi a 6/1. No bloqueio individual de Lucão, a vantagem italiana reduziu para 7/5. Depois de uma bola bastante disputada, Lucarelli atacou forte e o Brasil fez 7/11. A seleção da Itália seguiu melhor e em vantagem no marcador: 16/11. No decorrer do set, no bloqueio, o adversário da seleção brasileira ainda fez 18/11. O primeiro set foi de superioridade italiana, que fechou em 25/19.

A Itália saiu na frente novamente no segundo set (4/2). No bloqueio e depois no contra-ataque de Leandro Vissotto, o Brasil empatou: 4/4. E foi no bloqueio de Sidão, que a equipe da casa passou a frente e fez 6/5. O Brasil seguiu embalado e abriu três de vantagem em 10/7. Mas o jogo seguiu disputado e a equipe visitante voltou a assumir o placar: 16/15. Bem no bloqueio, a Itália abriu dois (19/17) e Bernardinho parou o jogo. O ponto direto de saque de Lucão deixou o Brasil empatado: 20/20. No saque seguinte, Lucão mais uma vez e, 21/20. Um empate em 23 pontos deixou a reta final do set emocionante. No ace de Sidão, 25/24 para o Brasil. Mas os italianos fecharam e fecharam também o segundo set: 27/25.

A seleção brasileira fez 4/2 no começo da terceira parcial. Mas, assim como nos dois primeiros sets, o jogo passou a ser equilibrado (5/5). Na sequência, Vissotto conseguiu grande saque e o Brasil fez 7/5. O marcador voltou a ficar igual em 11 pontos. Quando, no ace do oposto Zatsev, a Itália chegou a 14/12, o Brasil pediu tempo. A vantagem adversária seguiu em torno de dois pontos (16/14), sem que a seleção brasileira conseguisse passar a frente. E o time do levantador Bruninho chegou ao empate (20/20) e conseguiu passar na jogada seguinte, com ponto de bloqueio: 21/20. O time brasileiro seguiu bem e venceu por 25/22.

Embalado pela vitória na parcial anterior, o Brasil manteve o bom ritmo e fez 4/2. No ponto de bloqueio, a Itália virou e fez 6/5. E foi com um ponto do levantador Bruninho, depois de bom saque de Lucão, que a seleção brasileira voltou a empatar (10/10). Tudo igual novamente em 12/12 depois de ataque potente de Sidão. A Itália, então, reagiu e abriu três: 15/12. O Brasil encostou em 16/15, mas o time visitante voltou a colocar boa vantagem em 19/16. Foi a vez de a equipe brasileira buscar a reação e encostar em 21/10. A Itália voltou a pontuar e fechou em 25/21.

O maior pontuador da partida foi o atacante italiano Jiri Kovar com 20 pontos (16 em ataques, com altos 64% de aproveitameto; 3 em bloqueios e um em saque). Ivan Zaytsev veio em seguida, com 17 pontos. 

Pelo lado brasileiro, o oposto Leandro Vissoto foi quem mais anotou com 16 pontos (14 deles em ataques, com 52% de aproveitamento; um de bloqueio e um de saque). Lucão e Lucarelli vieram em seguida com 12 pontos cada. 

As seleções voltam a se enfrentar neste sábado (24.05), às 10h, novamente na Arena Jaraguá, com transmissão ao vivo da TV Globo.

Brasil: Bruninho (2), Leandro Vissoto (16), Lucão (12), Sidão (9), Murilo (5), Lucarelli (12) e o líbero Mario Jr. Entraram:  Theo (5), Gustavão, Rapha e o líbero Felipe.

ItáliaKovar (20), Parodi (12), Zaytsev (17), Travica (2), Piano (1) e Birarelli (7) e o líbero Rossini. Entraram: Randazzo, Vettori e Buti (6)




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x