Search
Wednesday 8 April 2020
  • :
  • :

Brasil estreia com vitória sobre o Paraguai

A seleção brasileira masculina de vôlei estreou com vitória no Campeonato Sul-Americano. Campeã de todas as edições que disputou, a equipe do Brasil bateu o Paraguai, na noite desta segunda-feira (07.08), por 3 sets a 0, com parciais de 25-04, 25-14 e 25-10, em partida realizada no Ginásio Olímpico Regional UFRO, em Temuco, no Chile.

Esta será a casa do time dirigido pelo técnico Renan na fase classificatória, que ainda terá os duelos contra a Venezuela, nesta terça-feira (08.08), às 22h, e contra a Colômbia na quarta (09.08), às 15h. As semifinais e final serão disputadas em Santiago, outra sede da competição, na quinta e na sexta.

Central Otávio no ataque. Foto: Felipe Andaur Suárez

O jogo

O primeiro ponto da partida saiu de Otávio em combinação de jogada rápida com Raphael. Renan marcou mais um para o Brasil depois de uma bola bastante disputada. Novamente com Renan, a seleção brasileira abriu 3/0. Ainda com Otávio no saque, Renan marcou 4/0. No primeiro tempo técnico, a equipe de Renan tinha 8/1. No saque do oposto brasileiro, o placar foi a 10/1 e o Paraguai pediu tempo. Rodriguinho marcou 13/1. O placar ainda apontou 19/4 e, na sequência, 22/4. Em passagem de Isac pelo saque, a seleção brasileira fechou em 25/4.

No início do segundo set, Brasil e Paraguai estiveram empatados em 2/2. Renan colocou três pontos de vantagem para o time verde e amarelo em 7/4. No ace de Renan, a seleção brasileira fez 12/5. Também com ponto de saque, desta vez de Isac, o Brasil colocou sete de vantagem: 16/9. Com uma parcial mais equilibrada do que a primeira, o Paraguai chegou a 13/19. No final, no ace de Renan, a seleção brasileira fechou em 25/14.

Assim como no set anterior, o placar teve equilíbrio no começo da parcial: 3/3. O Paraguai esteve em vantagem em 4/3. A seleção brasileira assumiu o comando do marcador e fez 8/5 no primeiro tempo técnico. No bloqueio de Rodriguinho, 10/6. Quando o Brasil fez 13/8, o adversário pediu tempo. Em boa passagem de Rodriguinho pelo saque, o placar foi a 16/8. Ainda com o ponteiro no saque, o Brasil marcou 18/8 e o Paraguai parou o jogo. Com um pouco mais de tranquilidade do que no set anterior, a seleção brasileira venceu por 25/10.

Brasil: Raphael, Renan,  Isac, Otávio, Douglas, Rodriguinho e o líbero Thales.




2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
BillyMarcos Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Marcos
Visitante
Marcos

A SELEÇÃO TITULAR PRA VARIAR VAI TER O AFILHADO DO TECNICO, QUE ATE ANO PASSADO ERA FILHINDO DO EX TECNICO QUE É DIRIGENTE DA CBV.
MESMO ESSE LEVANTADOR RUIM ERRANDO NA ALTURA DAS BOLAS, FAZENDO OS ATACANTES RIFAREM A BOLA OU FAZER MALABARISMO NO AR PRA PODER ATACAR PORQUE A BOLA VEM NAS COSTAS DELES, O TECNICO SE FAZ DE CEGO.
COISA QUE NAO ACONTECEU NO SESI, PORQUE MARCOS PACHECO PERDEU A PACIENCIA COM OS ERROS DESSE MEDIOCRE PROTEGIDO DA SELEÇÃO E O TIROU DOS JOGOS DA SEMI FINAL
REVOLTANTE

Billy
Visitante
Billy

Se Marcelo Mendez ou até o Pacheco ou outro fosse o tecnico ao inves do Renan panela o Bruninho nem seria convocado
O Renan convocou o Radke so porque ele e pior que o Bruno, ai ia parecer que ele era oooohhhhhh o phoda kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Translate »