Search
Thursday 29 October 2020
  • :
  • :

Brasil fecha o GP com vitória, pódio e duas jogadoras na seleção do torneio

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

Com parciais de 25-18, 25-27, 30-28, 25-18, a Seleção Brasileira Feminina de Vôlei venceu a Itália por 3 a 1, pela última rodada do Grand Prix, em Omaha, e terminou a competição com o terceiro lugar. Foi a terceira vitória do Brasil no hexagonal decisivo. De quebra, a ponteira Natália e a central Juciely foram escolhidas pelas estatísticas para o time ideal do Grand Prix.

 

Na partida, como de praxe em todo o GP, as centrais brasileiras lideraram a pontuação do time. Juciely, com 21 pontos – 14 de ataque, quatro em bloqueios e dois aces –, e Carol, com 17 – 12 de ataque e cinco no bloqueio –, foram as maiores anotadoras do Brasil. A oposta Diouf, pelo lado italiano, marcou 21 pontos e empatou com Juciely.

 

O bloqueio da Azzurra, com 18 pontos a 13, dominou o fundamento, mas o ataque verde-amarelo, com 63 anotações contra 56, respondeu à altura. A diferença quem fez foram os erros: enquanto as brasileiras concederam 15 pontos às adversárias, receberam 24 de volta.

 

PREMIAÇÕES

 

O que chamou a atenção nas redes sociais foi o valor dos prêmios conferidos pela FIVB às seleções e jogadoras no Grand Prix. Se, na Liga Mundial, a Seleção Francesa levou um cheque de um milhão de dólares, o título valeu à Seleção dos EUA um prêmio de 200 mil dólares. Nas premiações individuais, enquanto os homens recebiam valores de dez mil dólares, o das mulheres teve metade do valor.

 

Duas brasileiras foram premiadas individualmente pela FIVB: Natália, segundo melhor passe, e Juciely, melhor bloqueio, entraram na seleção do campeonato. Vice-campeã, a Rússia teve duas jogadoras no time ideal, a oposta Goncharova e a líbero Malova. O time campeão, os EUA, além de três jogadoras na seleção do torneio, teve a oposta Karsta Lowe, de 22 anos de idade, melhor percentual de aproveitamento no ataque, como MVP da competição – embora tenha sido preterida na escolha da seleção do GP.

 

Veja como ficou a Seleção do Grand Prix 2015:

Levantadora: Kreklow (EUA)
Oposta: Gonchavora (Rússia)
Ponteiras: Natália (Brasil) e Robinson (EUA)
Centrais: Juciely (Brasil) e Dietzen (EUA)
Líbero: Malova (Rússia)
MVP: Lowe (EUA)




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x