Search
Saturday 26 September 2020
  • :
  • :

Brasil garante duelo na semi e finalista no Grand Slam masculino em Xangai

Foto: Divulgação/FIVB

O Brasil já está na final do torneio masculino do Grand Slam de Xangai do Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2013. Isso porque Bruno Schmidt/Pedro Solberg e Ricardo/Álvaro Filho farão uma das semifinais na madrugada deste sábado (04/05), horário de Brasília, o que já garante o primeiro pódio brasileiro na atual edição da competição. No Open de Fuzhou (CHN), eles chegaram a se enfrentar, ainda pela fase de grupos, e Ricardo e Álvaro Filho levaram a melhor.

Foi mesmo um dia decisivo no Beach Volleyball Centre Court. Bruno Schmidt e Pedro Solberg, única dupla brasileira ainda invicta em Xangai, voltaram a apresentar o melhor voleibol que os levaram ao título da temporada 2012/2013 do Circuito Banco do Brasil e não deram chances aos seus adversários. Nas oitavas de final, venceram os suíços Chevallier e Kovatsch por 2 a 0 (22-20 e 21-4) e, nas quartas, carimbaram a vaga na semifinal com uma vitória sobre Brink/Fuchs (ALE) também por 2 a 0 (21-19 e 22-20).

Já Ricardo e Álvaro Filho, que terminaram em segundo lugar no seu grupo, tiveram que superar uma segunda fase eliminatória para chegarem às oitavas. E o fizeram com personalidade: 2 a 1 (21-13, 16-21 e 15-10) sobre os chineses Xu e P.Gao. O que fez a dupla reencontrar os americanos Rosenthal e Dalhausser, que os eliminaram nas semifinais do Open de Fuzhou e acabaram campeões da etapa. Em mais um jogo muito equilibrado, o troco: 2 a 1, parciais de 21-19, 19-21 e 15-13. Nas quartas, os brasileiros derrotaram Fijalek/Prudel (POL) por 2 a 0 (21-18 e 21-17) e se garantiram na semifinal.

O adversário de Bruno Schmidt/Pedro Solberg ou de Ricardo/Álvaro Filho na grande decisão em Xangai sairá do duelo entre Gibb/Patterson (EUA) e Kadziola/Szalankiewicz (POL). Lembrando que semifinais, finais e disputa de terceiro lugar acontecerão na madrugada deste sábado (horário de Brasília).

Nas quartas de final, ainda havia uma outra parceria verde e amarela na briga. Apesar do ótimo desempenho nesta sexta-feira, Vitor Felipe e Evandro acabaram eliminados pelos americanos Gibb e Patterson, que não tiveram vida fácil: 2 a 1, parciais de 24-22, 20-22 e 15-9. Para chegaram até ali, os brasileiros já tinham vencido os austríacos Doppler e Horst por 2 a 1 (21-15, 18-21 e 15-8), numa segunda rodada classificatória, e superado Brouwer/Meeuwsen (HOL) por 2 a 0 (21-18 e 21-16) nas oitavas de final.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x