Search
Tuesday 1 December 2020
  • :
  • :

Brasil inicia Mundial de Vôlei de Praia com favoritismo na Polônia

Foto: FIVB

Os números mostram a sua grandeza: 96 duplas, 192 atletas, 31 nacionalidades, 208 jogos, 9 mil assentos na quadra central, sete dias de competição e um milhão de dólares de prêmio em dinheiro. É o Campeonato Mundial de Vôlei de Praia, que chega a sua nona edição nesta segunda-feira (01/07), na cidade de Stare Jablonki, na Polônia. Mas outros dados estatísticos, de uma brasileira que conhece bem o torneio, também impressionam.

Letícia Pessoa, técnica da seleção masculina, esteve em seis das oito edições do Mundial. E levou suas duplas ao pódio em todas elas, conquistando três ouros (com Adriana Behar/Shelda em 99 e 2001 e com Alison/Emanuel em 2011), duas pratas (com Adriana Behar/Shelda em 2003 e com Alison/Harley em 2009) e um bronze (com Adriana Behar/Shelda em 97). Desta vez, uma sensação totalmente diferente.

“Já treinei times femininos e masculinos e, agora, vou comandar toda uma equipe de homens, com uma mescla de novos e experientes. Estou achando tudo isso bem interessante. A Confederação Brasileira de Voleibol me deu esse voto de confiança e o mínimo que posso fazer é trabalhar muito para retribuir. Todo o foco do treinamento, desde janeiro, era para o Campeonato Mundial. Vamos lá tentar mostrar o nosso melhor”, disse Letícia.

Apesar de admitir se tratar de um torneio muito difícil, Letícia garante que suas duplas estão bem preparadas, o que a deixa bastante esperançosa por uma boa apresentação do Brasil na Polônia. Ela aproveitou para fazer uma rápida análise da participação de cada uma delas nas cinco primeiras etapas do Circuito Mundial, que, até certo ponto, serviram como uma prévia para a principal competição do ano.

“Bruno e Pedro estão muito bem. Vivem um momento maravilhoso e já conquistaram três medalhas. Chegam com muita força ao Mundial. Alison e Emanuel defendem o título, formam uma dupla que sabe jogar esse tipo de competição. Ricardo e Álvaro são a experiência com a juventude de um estreante. Pegaram semifinal no Circuito e bateram na trave em outras. E Evandro e Vitor já fizeram dois quintos lugares, o que é gratificante para uma parceria nova”, avaliou.

E já haverá confronto verde e amarelo na primeira fase. Bruno Schmidt/Pedro Solberg e Evandro/Vitor Felipe estão no Grupo E, ao lado de Spijkers/Van de Velde (HOL) e Herrera/Gavira (ESP). Alison/Emanuel encabeça o Grupo B, que tem Plavins/Peda (LET), Matteo/Paolo Ingrosso (ITA) e Lech/Wojtasik (POL). Por fim, pelo Grupo K, Ricardo/Álvaro Filho enfrenta Doppler/Horst (AUT), Kubala/Petr Benes (CZE) e Yakovlev/Kuleshov (CAZ).

Já as duplas femininas do Brasil, comandadas pelo técnico Marcos Miranda, que traz toda sua experiência das quadras para as areias, também chegam à Polônia bem credenciadas para brigar pelo lugar mais alto do pódio. Assim como no masculino, duas delas também já se enfrentarão na primeira fase. Taiana/Talita e Maria Clara/Carol caíram no Grupo L, ao lado de Dampney/Boulton (ING) e Sinnema/Stiekema (HOL).

Ágatha/Maria Elisa está no Grupo F, e terá como adversárias Ludwig/Walkenhorst (ALE), Bonnerova/Hermannova (RTC) e Goricanec/Hüberli (SUI). Para completar a participação brasileira, Lili/Bárbara Seixas, que caiu no Grupo M com as polonesas Bekier e Oleksy, as italianas Gioria e Giombini (ITA) e a dupla de Vanuatu formada por Elwin e Iatika.

No Campeonato Mundial, as 48 duplas em cada naipe são divididas em 12 grupos de quatro, e se classificam para a segunda fase as duas primeiras de cada chave, além dos oito melhores terceiros lugares. O torneio feminino começa na segunda-feira (01/07), com a final sendo disputada no sábado (06.07). Já o masculino tem início na terça-feira (02/07), com término no domingo (07/07).

Na história dos Mundiais, nenhum país conquistou mais ouros e subiu mais ao pódio do que o Brasil. No total, são 22 medalhas, sendo nove de ouro, sete de prata e seis de bronze. Os Estados Unidos aparecem em segundo nesse quadro, com 14 medalhas (cinco de ouro, cinco de prata e quatro de bronze). Alison/Emanuel e Juliana/Larissa, inclusive, são os atuais campeões.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x