Search
Tuesday 22 September 2020
  • :
  • :

Brasil Kirin derrota Ziober Maringá em Campinas

Divulgação/Brasil Kirin Vôlei

Pela quarta rodada da Superliga masculina de vôlei 14/15, o Brasil Kirin (SP) recebeu o Ziober Maringá (PR) e, após equilíbrio nos sets, venceu por 3 a 1, com parciais de 25-22, 25-27, 25-20 e 25-15, na noite deste sábado (08/11). A partida, realizada no ginásio Taquaral, em Campinas (SP), teve 2h14 de duração e contou com destaque do oposto do time vencedor, Wallace, maior pontuador da partida, com 18 acertos.

Após o confronto, Wallace elogiou o desempenho dos dois times. “Eles começaram com uma proposta de forçar muito o saque e, com isso, nos colocaram em dificuldade em muitos momentos no jogo. Nós as tivemos o equilíbrio de segurar as bolas no meio da quadra, mesmo enfrentando um time de muito potencial. No quarto set, não esperávamos um placar como foi”, comentou Wallace.

O oposto já pensa no próximo confronto do Brasil Kirin, que será no sábado (15/11), contra o São Bernardo Vôlei, novamente em casa. “Agora vamos descansar, recuperar as forças para o jogo do próximo sábado”, disse Wallace.

Outro destaque do time campineiro ficou por conta do ponteiro João Paulo Bravo, eleito o melhor em quadra e, por isso, dono do Troféu VivaVôlei.

Pelo lado do Ziober Maringá, o ponteiro Diogo analisou a partida, dando valor ao adversário. “Travamos em algumas redes, eles foram minando os nossos atacantes e vivemos momentos de incertezas no passe. A vitória foi mérito deles”, garantiu Diogo, que, na temporada passada, defendeu as cores do Brasil Kirin.

O time paranaense volta à quadra pela Superliga 14/15 também no próximo sábado, desta vez, contra o Sesi-SP. O Ziober, no entanto, jogará em casa, no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR).

O JOGO

O jogo começou equilibrado, mas o Ziober Maringá logo abriu dois de vantagem em 4/2. O time paranaense se manteve na frente no primeiro tempo técnico (8/5). Na bola de meio com Gustavão, o Brasil Kirin encostou em 9/8. Mas o Ziober voltou a abrir e, quando fez 12/9, forçou o técnico da equipe campineira, Alexandre Stanzioni, a pedir tempo. O Brasil Kirin voltou a se aproximar no placar (17/16) e, com Gustavão, empatou (17/17) e virou (18/17). No ace de João Paulo Bravo, o time da casa chegou a 19/17. A reta final do set foi equilibrada e, com Bravo, o Brasil Kirin fez 25/22.

O time de Campinas saiu na frente também no segundo set, quando abriu 2/0. Com Diogo, o Ziober Maringá empatou (4/4) e virou o placar (5/4). A parcial seguiu bem equilibrada, com as equipes trocando pontos (9/9). No bom saque de Diogo, o time paranaense fez 14/11 e o Brasil Kirin pediu tempo. Com ponto de bloqueio de Bravo, a equipe paulista deixou tudo igual: 15/15. O Ziober Maringá não permitiu a reação do adversário e fez 18/16. O time visitante esteve dois pontos à frente já no final do set (22/20), mas com Wallace, o Brasil Kirin empatou em 22/22. Após muito equilíbrio, Rivaldo fechou o set a favor do Maringá por 27/25.

O ritmo foi mantido no começo da terceira parcial, com as equipes empatadas em 6 pontos. No bom saque de Wallace, o Brasil Kirin colocou um ponto de vantagem: 10/9. Com ponto de bloqueio de Gustavão, o time paulista fez 16/13 e foi para o segundo tempo técnico com boa diferença. A equipe de Campinas se manteve na frente (20/17) e, depois 22/17. Na sequência, após bolas disputadas e bonitos lances, o Brasil Kirin 25/20.

O time da casa começou com Ary no lugar de João Paulo Tavares e, no ace do ponteiro, fez 6/2. Depois de bom saque de João Paulo Bravo, o placar foi para 12/5 a favor do Brasil Kirin. Os paulistas permaneceram dominando a parcial e, no bloqueio de João Paulo Bravo, chegaram a 19/10. Na bola de Ary, o Brasil Kirin fechou o quarto 25/15 e a partida em 3 sets a 1.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x