Search
Saturday 19 September 2020
  • :
  • :

Na base da paciência, Brasil vence o primeiro duelo pela Liga Mundial

Foto: Régis Thiago / Melhor do Vôlei

O primeiro duelo entre Brasil e França não teve o resultado que a torcida imaginava, nesta sexta-feira (28/06), no Ibirapuera, em São Paulo. Após estar vencendo por 2 sets a 0, a equipe verde-amarela se descuidou e quase permitiu a virada do rival, mas fechou o jogo em 3 a 2, parciais de 25-20, 25-19, 22-25, 21-25 e 15-12.

O começo de jogo foi equilibrado. O Brasil não conseguia ditar o ritmo do jogo, enquanto pela França, Ngapeth rodava e ainda fazia uma marra, na tentativa de provocar os brasileiros. No primeiro tempo, a França estava em vantagem de 8 a 6. Na volta do tempo, o Brasil começou a encontrar seu jogo, fazendo quatro pontos seguidos e se colocando a frente no placar e fechando o tempo seguinte em 16 a 14. Na reta final do set, após a inversão, o Brasil conseguiu se desgarrar e com bons saques de Wallace desequilibrou o set e dificultou a recepção francesa, caminhando para a vitória por 25 a 20.

O segundo set começou parecido com o primeiro, só que desta vez, o Brasil esteve em vantagem após o primeiro tempo técnico (8 a 6) e sofreu a virada com quatro pontos seguidos (8 a 10), o que obrigou Bernardinho a pedir tempo. Mesmo parando o jogo, o Brasil continuou pecando no jogo e cometendo erros de ataque. Apesar disso, o time conseguiu buscar a virada e foi para o segundo tempo com 16 a 15. Em seguida, foi a vez da França se perder no set e errar demais. O técnico Laurent Tillie até tentou mudar o time, mas não deu. Brasil 25 a 19 e dois a zero no placar.

No terceiro set, o Brasil não aproveitou as oportunidades que teve na partida. A França conseguiu permanecer bem na maior parte do set, abriu vantagem e venceu por 25 a 22. Ngapeth, com 16 pontos, liderava o score entre os jogadores. Pelo Brasil, Lucarelli aparecia com 14.

O quarto set foi complicado para o time brasileiro. Desde o início, a França mandou no placar e o time brasileiro, em muitas situações, não mostrou a paciência que a equipe precisava ter destacada antes do jogo. o desfecho de tudo isso foi visto no placar de 25 a 21 para os franceses no quarto set.

No tie-break, o jogo foi ponto a ponto e a França pareceu ter mais paciência para resolver as jogadas e fazer os pontos. Sempre com destaque para Earvin Ngapeth, com 24 pontos, os franceses estiveram perto da vitória com 12 a 9 no placar. Mas a inversão brasileira e a boa atuação de Lucarelli, com 21 pontos, fez o Brasil virar o jogo e vencer por 15-12 e a partida por 3 a 0.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x