Search
Friday 18 September 2020
  • :
  • :

Brasil perde um set, mas passa tranquilo pelo Irã na estreia

Foto: FIVB

Maior vencedor da história da Copa dos Campeões, com três títulos nas cinco edições realizadas, o Brasil começou sua trajetória rumo ao tetracampeonato com vitória. Nesta terça-feira (19/11), a seleção masculina de vôlei derrotou o Irã na primeira partida da competição por 3 sets a 1 (25-16, 25-17, 25-27 e 25-23), em 1h44 de jogo no Kyoto Prefectural Gymnasium, na cidade de Kyoto, no Japão.

O Irã abriu o placar da partida e o ponteiro Mauricio Borges devolveu o ponto a favor do Brasil. O início do set seguiu bem equilibrado, com as equipes trocando pontos. Os times empataram em 5-5. Com o oposto Wallace, a seleção brasileira abriu dois (8-6) no primeiro tempo técnico. No bloqueio do central Sidão, mais um ponto de vantagem: 9-6. Quando o Brasil marcou 12-8, o técnico do Irã, Julio Velasco, pediu tempo. A equipe de Bernardinho continuou melhor e colocou cinco de vantagem em 15-10. No ace de Lucão, 17-11 a favor do Brasil. Quando os brasileiros fizeram 20-13, foi pedido mais um tempo para o Irã. Na inversão, Raphael e Evandro entraram e, na primeira ação, Evandro bloqueou e fez 23-15 para o Brasil. Com mais um ponto de bloqueio, a equipe verde e amarela fechou em 25-16.

A segunda parcial começou mais uma vez equilibrada. Os iranianos colocaram um de vantagem em 3-2 e, novamente, em 6-5. No bloqueio de Sidão, o Brasil passou a frente no placar e fez 9-8. O set seguiu com apenas um ponto de vantagem para a seleção brasileira até o empate do Irã em 12 pontos. No lance seguinte, o adversário assumiu o comando do marcador, mas com o ponteiro Maurício Borges, o Brasil voltou a empatar: 13-13. Na sequência, a equipe verde e amarela melhorou, não permitiu que o adversário pontuasse, e colocou cinco de vantagem (18-13). A seleção brasileira manteve o bom ritmo e venceu por 25-17.

O Brasil começou melhor, abriu 2-0 no terceiro set, mas o Irã não permitiu que o adversário ampliasse a vantagem, virou o placar e fez 4-2. No ace do central Sidão, a equipe verde e amarela chegou ao empate em quatro pontos. Mas os iranianos voltaram a colocar vantagem e fizeram 7-4. O Brasil buscou e, com Maurício Borges, deixou tudo igual: 7-7. Depois de bom saque do central Lucão, o Irã errou no ataque e a seleção brasileira assumiu o comando do placar em 10-9. Com Sidão, a equipe verde e amarela manteve os dois de vantagem (18-16). A parcial seguiu equilibrada e as equipes empataram em 20 pontos. Neste momento, Bernardinho pediu tempo. No ponto direto de saque, o Irã fez 22-21. O final do set foi emocionante. Com dois bloqueios seguidos, o Irã fechou em 27-25.

A equipe brasileira saiu na frente no quarto set e fez 2-1. As equipes estiveram iguais no placar em quatro pontos e, no bloqueio de Lucão, o Brasil fez 5-4. Com o outro central brasileiro, Sidão, mais um ponto de bloqueio e o placar foi para 8/6. No ponto de saque, os iranianos fizeram 10-9. O adversário continuou na frente por apenas um ponto: 12-11. Em bom momento do oposto Wallace, a seleção brasileira reassumiu o placar e fez 16-14. Mas o Irã buscou e conseguiu o ponto de empate em 17-17 e virou em 18-17. O adversário do Brasil, então, colocou dois de vantagem (20-18) e Bernardinho pediu tempo. A equipe verde e amarela se recuperou e buscou o empate: 20/20. Com Wallace, o Brasil fez 22-21 e foi a vez do Irã parar o jogo. Mais uma vez, o final do set foi bastante disputado e, de novo, logo após entrar, o oposto Evandro pontuou no bloqueio e fechou o set em 25-23.

Com 19 pontos, Wallace foi o maior pontuador do jogo. Também marcaram Sidão (15), Maurício Borges (16), Lucarelli (11), Lucão (9) e Evandro (3). O MVP do jogo foi Bruninho. 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x