Search
Thursday 1 October 2020
  • :
  • :

Brasil vacila e perde de virada a final da Copa Pan-Americana para os Estados Unidos

Divulgação

Kristin Richards no ataque. A ponteira liderou a virada norte-americana, com 35 pontos

A seleção brasileira de novas ficou com a medalha de prata na Copa Pan-Americana. Na madrugada deste sábado (21/07), o Brasil foi superado, de virada, na decisão pelos Estados Unidos por 3 sets a 2, parciais de 28-30, 18-25, 25-22, 25-21 e 15-11, em 2h18 de jogo, em Ciudad Juarez, no México.

 

Com o resultado, as brasileiras terminaram a competição com seis vitórias e apenas uma derrota. Cuba ficou em terceiro lugar ao vencer a República Dominicana por 3 sets a 2 na disputa da medalha de bronze.

 

A oposto Joycinha foi a maior pontuadora do Brasil no confronto, com 25 pontos – 22 em ataques (e 40% de aproveitamento) e três em bloqueios. A ponteira Priscila Daroit, com 23 acertos, veio na sequência. Foram 18 em ataques (31%), dois em bloqueios e três em saque. Gabi contribuiu com 18: 14 em ataques (34%) e quatro em bloqueios. Aliás, este fundamento foi o destaque brasileiro no jogo com 17 pontos (contra 11 dos Estados Unidos), tendo inclusive a meio de rede Natasha sendo eleita a melhor na competição. Os erros foram equilibrados: 25 brasileiros, e 23 norte-americanos.

 

O grande nome da partida e da competição, no entanto, foi a ponteira dos Estados Unidos Kristen Richards. Eleita MVP do torneio, a atleta marcou 35 pontos contra o Brasil, sendo 32 em ataques (52%), um de bloqueio e dois aces. A meio de rede Jeniffer Tamas veio na sequência com 14 – cinco deles em bloqueios. Substituída ainda no segunda set, Nancy Metcalf marcou 11.

 

O treinador brasileiro Cláudio Pinheiro parabenizou a equipe americana pela vitória. “Os Estados Unidos jogaram uma boa partida. Eles fizeram boas substituições e mostraram mais experiência”, disse Cláudio.

 

A capitã e central Natasha fez questão de elogiar a boa campanha do time verde e amarelo. “Foi uma grande partida. Depois dos dois primeiros sets pensamos que podíamos vencer por 3 sets a 0, mas cometemos alguns erros. Nós fizemos uma boa competição e estou muito feliz com o meu time”, afirmou Natasha.

 

Pelo lado dos Estados Unidos, a líbero Stacy Sykora chamou a atenção para a qualidade do time brasileiro. “Vencer é sempre muito bom. É a primeira vez em 12 anos que consigo uma vitória sobre o Brasil. Esse time brasileiro é muito jovem, tem muito talento, e um grande futuro pela frente”, garantiu a líbero.

 

O Brasil jogou com a levantadora Claudinha, a oposto Joycinha, as ponteiras Gabi e Priscila Daroit, as centrais Natasha e Andressa e a líbero Suellen. Entraram durante o confronto a ponteira Samara, a levantadora Ana Tiemi e a oposto Nogueira.

 

Brenda Castillo ganha três prêmios; confira as melhores da competição


 

MVP: Kristin Richards (Estados Unidos)
Ataque: Yanelis Santos (Cuba)
Bloqueio: Natasha (Brasil)
Saque: Yanelis Santos (Cuba)
Recepção: Brenda Castillo (República Dominicana)
Defesa:  Brenda Castillo (República Dominicana) 
Levantadora: Elena Keldibekova (Peru)
Líbero: Brenda Castillo (República Dominicana) 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x