Search
Tuesday 20 October 2020
  • :
  • :

Brasil vence a Alemanha em Nagano

06/11/2011 – A seleção brasileira feminina de vôlei alcançou a segunda vitória na Copa do Mundo, neste domingo (06.11), ao superar a Alemanha, atual vice-campeã européia, por 3 sets a 1 (25-21, 23-25, 25-23 e 25-21), em 1h49 de partida, no Nagano White Ring, em Nagano, no Japão.


"); // -->

 

 

 

 No segundo set do confronto, a ponteira Fernanda Garay sofreu uma entorse no tornozelo direito depois de uma tentativa de bloqueio. Após a partida a atacante brasileira realizou uma radiografia no hospital, em Nagano, acompanhada pelo médico da seleção feminina, Júlio Nardelli.

“A Garay sofreu uma entorse no tornozelo direito com lesão ligamentar moderada. A radiografia não mostrou fraturas. O tratamento para esse tipo de lesão é fisioterapia intensiva. Vamos tentar recuperar a Garay para as últimas fases. A previsão de retorno para esse tipo de lesão é de sete dias”, explicou Nardelli.

Nesta segunda-feira (07.11), o time verde e amarelo embarcará para Toyama onde disputará a segunda fase. O Brasil terá como próximo adversário a Coreia do Sul, às 4h (horário de Brasília), desta terça-feira (08.11). A TV Globo e os canais Sportv e Esporte Interativo transmitirão ao vivo.

Na partida contra as alemãs, as centrais brasileiras tiveram uma atuação destacada. Thaisa terminou o jogo como a maior ponturadora, ao lado da ponteira alemã Brinker, com 18 pontos (12 de ataque, quatro de bloqueio e dois de saque). Já Fabiana teve 16 acertos (13 de ataque e três de bloqueio) e foi eleita a melhor jogadora do confronto.

Para Fabiana a vitória foi decisiva na luta pela classificação olímpica. “O importante foi termos saído de quadra com o resultado positivo mesmo sem jogar o nosso melhor. Temos que errar menos e melhorar a nossa relação entre o bloqueio e a defesa nas próximas partidas”, disse a atacante.

Assim como a capitã Fabiana, a central Thaisa também estava feliz com a vitória do time verde e amarelo. “Fico feliz de ter jogado melhor na partida de hoje. Ainda posso evoluir principalmente no bloqueio”, afirmou a central.

A dupla de centrais do Brasil ainda ganhou elogios do treinador José Roberto Guimarães. “Nosso time é diferente quando as centrais estão bem. A Thaisa fez 18 pontos no jogo. Para uma central essa é uma pontuação elevada. Foi uma partida difícil. A Alemanha cresceu com a volta da Grun. O jogo foi parelho o tempo todo, mas jogamos melhor nos momentos decisivos. A Alemanha vai fazer jogo duro com qualquer equipe do mundo”, garantiu Zé Roberto.

Pelo lado da Alemanha,o treinador Giovanni Guidetti gostou da atuação da sua equipe mesmo com a derrota. “O Brasil jogou um pouco melhor nos momentos decisivos. Jogamos um bom voleibol e lutamos em cada set. Hoje tivemos problemas em parar as centrais do Brasil. Elas fizeram a diferença”, analisou Guidetti.

O Jogo

O Brasil começou bem a partida. Em um ataque para fora da oposto alemã Kozuch, as brasileiras abriram quatro pontos (8/4). As bolas de velocidade da levantadora Dani Lins com as centrais Thaisa e Fabiana funcionavam e as atuais campeãs olímpicas dominavam a parcial (13/7). Com eficientes contra-ataques a Alemanha encostou no placar (13/11). E foi em um ponto de ataque da oposto Kozuch que as atuais vice-campeãs européias viraram o marcador (15/14). O técnico Zé Roberto tirou Paula Pequeno e colocou Fernanda Garay em quadra e o Brasil empatou a parcial (20/20). Numa boa sequência de saques de Garay, as brasileiras fecharam o set por 25/21.

A Alemanha voltou melhor para o segundo set. Com boas largadas, as alemãs abriram três pontos (8/5). O técnico Zé Roberto fez uma substituição. Saiu Sheilla entrou Tandara. Depois de uma tentativa de bloqueio, a ponteira Fernanda Garay torceu o tornozelo direito e deixou a quadra sendo substituída por Paula Pequeno. Zé Roberto recolocou Sheilla em quadra no lugar de Tandara e o Brasil encostou no marcador (22/21). O set seguiu ponto a ponto até o final e a Alemanha venceu a parcial com um ataque pelo meio (25/23).

O terceiro set começou ponto a ponto. Em um contra-ataque de Sheilla, o Brasil assumiu a liderança no marcador (11/10). As alemãs cometiam muitos erros e Thaisa se destacava no ataque. Na segunda parada técnica a vantagem das brasileiras era de três pontos (16/13). Com bons saques e contra-ataques, as alemãs empataram a parcial (17/17). Neste momento foi a vez do bloqueio brasileiro funcionar. Com três bloqueios seguidos de Thaisa, as brasileiras abriram quatro pontos (21/17). A Alemanha se recuperou na fina da parcial, mas o set foi brasileiro. O time verde e amarelo venceu a parcial por 25/23.

A vitória no terceiro set fez bem ao time verde e amarelo. Em uma bola de segunda da levantadora Dani Lins, as brasileiras abriram quatro pontos de vantagem (11/7). Se aproveitando dos erros das alemãs, as brasileiras mantiveram a diferença na segunda parada técnica (16/12). As atuais campeãs olímpicas administraram a vantagem até o final e venceram o set por 25/21 e o jogo 3 sets a 1.

 Equipes

Brasil – Dani Lins, Sheilla, Mari, Paula Pequeno, Thaisa e Fabiana. Líbero – Fabi

Entraram – Fabíola, Tandara, Sassá e Fernanda Garay.

Técnico – José Roberto Guimarães

Alemanha – Kathleen, Grun, Corina, Furst, Kozuch e Brinker. Líbero – Kerstin

Entraram – Matthes, Thomsen, Regina e Mareen

Técnico – Giovanni Guidetti


 

NÚMEROS DA PARTIDA

BRASIL

Ataque – 59

Bloqueio – 11

Saque – 4

Erros do adversário – 24

ALEMANHA

Ataque – 59

Bloqueio – 6

Saque – 5

Erros do adversário – 20




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x