Search
Thursday 22 October 2020
  • :
  • :

Brasil vence antigo clássico e terá jogo decisivo contra as dominicanas

Crédito: Divulgação/Norceca

Crédito: Divulgação/Norceca

 

Do início dos anos 70 até meados dos anos 80, o domínio peruano foi amplo na América do Sul, vencia os torneios continentais, estava sempre entre as quatro melhores seleções do mundo. Então, seguiu-se um período em que o Brasil partiu de uma leve vantagem sobre as rivais até chegar ao domínio continental. Essa diferença aumentou progressivamente, o Brasil é que passou a frequentar o pódio do vôlei internacional, decidiu títulos mundiais, ganhou olimpíadas. E hoje, para superar as rivais de antigamente em seus domínios, basta ao Brasil escalar sua seleção feminina sub-20, talvez porque, do outro lado, o time se apoie, basicamente, em jogadoras da mesma faixa etária – Ângela Leyva, a melhor jogadora peruana, tem a mesma idade das adversárias.

 

Leyva anotou 17 pontos na partida da terça-feira, em Lima, pela Copa Pan-Americana, foi a maior pontuadora de seu time, mas não do jogo. Quem comandou o Brasil na vitória por 3 sets a 0 (30-28, 25-20, 25-20) foi Lorenne, com 20 pontos.

 

“Jogamos coletivamente e conseguimos muitos pontos de contra-ataque”, disse a oposta brasileira, autora de 18 pontos de ataque. “Apesar da vitória da vitória, há muito para crescermos e a única maneira para conseguirmos isso é treinando e jogando contra jogadoras mais experientes”, completou.

 

Nesta quarta-feira, o Brasil encara a Rep. Dominicana, que já assegurou o primeiro lugar da chave e, portanto, já está classificada diretamente para as semifinais. Uma vitória por qualquer placar classificará a Seleção Brasileira para as quartas de final, independentemente do resultado entre Cuba e Canadá, no primeiro jogo do dia.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
1 Comentário
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Gustavo

Vi o jogo e é óbvio que as meninas ainda estão em formação. Porém, me surpreendeu o ótimo setor defensivo. Destaques para Lais Vasquez e Lorenne, que mostram ser as mais preparadas. Drucylla foi a decepção. Esperava mais dela. O time está no caminho certo e tomara que chegue às semifinais do mundial juvenil.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x