Search
Sunday 27 September 2020
  • :
  • :

Brasileiros do Toulouse conversam com MDV sobre Final da Copa da França

Foto: Divulgação

O Spacer’s Toulouse fez história no mês passado ao conseguir uma vaga inédita para a final da Copa da França. Na ocasião, o time venceu o Narbonne por 3 sets a 0. O último e decisivo adversário é o Tours, atual campeão da Liga Francesa. O Toulouse conta com dois brasileiros, o levantador André Eloi e o ponta e capitão Zago.

“No início não esperávamos chegar tão longe”, afirmou Eloi em entrevista exclusiva ao MDV. “Nosso primeiro jogo da Copa foi fora de casa contra a equipe de Beauvais, que estava jogando bem naquele momento. Acredito que a forma com que nós abordamos os jogos da Copa nos ajudou a chegar a final, pois nunca fomos os favoritos e sempre jogamos descontraídos e sem pressão.”, analisou Zago, que também falou exclusivamente ao Melhor do Vôlei.


A Preparação

Antes de se preocupar com o time mais poderoso da França na atualidade, o Toulouse tinha outro desafio: evitar o rebaixamento na Liga Francesa. A conquista da vaga inédita ajudou a equipe de Toulouse nessa missão. Segundo o capitão Zago, a equipe evoluiu e está mais confiante, mesmo contra equipes consideradas fortes. Os três últimos jogos da Liga foram um primeiro momento de preparação, segundo os atletas.

Como forma de auxiliar a equipe, Zago sempre tenta manter um clima descontraído e sem pressões nesse período. Apesar disso, ele também lembra a importância das cobranças: “temos que ser exigentes e manter a qualidade dos treinamentos. Quando comecei a jogar vôlei, meu técnico Maricar (sic) falou que trabalho duro transforma sonhos em realidade. Bom, sonhando com a vitoria da Copa nós já estamos, tá na hora de tornar tudo isso real”, ressaltou o capitão.


Tours por Eloi e Zago

O levantador e o ponta do Toulouse têm opiniões parecidas a respeito do adversário na final da Copa. Ambos concordam que o Tours é a melhor equipe da França. André Eloi destacou os altos e baixos dos oponentes devido a troca constante de jogadores. Já Zago relembrou que o Toulouse já conseguiu anular pontos fortes do Tours nas duas partidas disputadas nessa temporada. Nesses jogos, a equipe do sul da França perdeu por 3 sets a 1.

 

Vôlei francês

Diógenes Zagonel e André Eloi não são iniciantes no vôlei internacional. Zago joga na França há seis anos. Eloi já possui oito anos fora do Brasil. Os dois atletas estão apreciando a experiência, mas o levantador mostrou preocupação com a última campanha do Toulouse na Liga: “ficamos quase que o campeonato todo brigando nas últimas posições. Porém, por ser um campeonato forte, um ano você pode estar lá em cima e no outro pode estar lá embaixo”, alertou André. Já Zago ressalta a valorização do lado humano presente no Toulouse.


Brasil

 

Apesar de o exterior ser um sonho para muitos atletas, a imensa maioria sente saudades do “lar doce lar”. Com os brasileiros do Toulouse não é diferente. No caso de Zago, há um contrato em vigor por mais dois anos com a atual equipe. Depois disso, o ponteiro pensa em encerrar sua carreira em terras verde-amarelas. Já André Eloi se demonstra feliz com a vida no exterior, apesar de não descartar a possibilidade de voltar ao Brasil: “Gostaria de voltar a jogar no Brasil, com certeza. O campeonato é um dos melhores, se não o melhor. Já são oito anos aqui na morando fora, mas se aparecesse uma proposta,com certeza pensaria com carinho”, afirmou.


Palpites

Questionados sobre os playoffs da Superliga, André Eloi projetou a final RJX x Sada Cruzeiro para essa temporada. Por outro lado, Zago foi mais categórico e apontou dois grandes favoritos: Sollys/Nestlé e RJX.

 

Alex Damião também fez parte dessa conquista

O oposto Alex Damião participou da campanha do Toulouse na Copa da França. Devido a uma lesão ocorrida no meio da temporada, o atleta reincidiu seu contrato com o clube francês. Em entrevista ao MDV, Alex demonstrou grande interesse em retornar ao Brasil:

“Para mim a experiência na França foi muito positiva. Até o momento eu já joguei quatro temporadas aqui e em três delas estando sempre entre os cinco maiores pontuadores do campeonato. Isso para mim foi muito gratificante (…), mas o meu interesse é muito grande em ficar no Brasil. Meu empresário está trabalhando para isso e eu com alguns contatos que eu tenho. Estou buscando uma possibilidade de retornar para a Superliga, além de ficar perto de casa, falando o mesmo idioma, junto da minha família e nesse momento é o que eu priorizo para a minha carreira”, contou Alex Damião ao Melhor do Vôlei.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x