Search
Wednesday 23 September 2020
  • :
  • :

Brasília confia que pode vencer Molico: “Vamos pra cima”

Divulgação/Brasília

Paula Pequeno é uma das esperanças do Brasília

Do outro lado da quadra estará o Molico Osasco, líder da classificação e que ainda não perdeu nenhum set na Superliga 2014/2015. Ainda assim, o Brasília Vôlei acredita que pode bater as adversárias a partir das 21h30 (horário de Brasília) desta sexta-feira (28), no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF).

A central Edna expressa essa confiança. “O Brasília Vôlei tem muitas jogadoras boas, assim como nós. Elas virão com o ataque e a defesa muito fortes. No entanto, também cometem erros e tentaremos aproveita-los a nosso favor. Vamos pra cima”, afirmou a atleta.

Para a ponteira Michelle, o caminho para derrubar um rival tão forte passa por anular as meio-de-redes adversárias. “Sabemos que esse vai ser um jogo difícil. O time delas tem duas centrais que vêm pontuando bem, que são a Thaisa e a Adenízia. Além disso, tem uma ponteira cubana, a Carcaces, que sempre resolve os problemas de bolas altas. Para minimizar a atuação delas, precisamos sacar bem e dificultar as jogadas pelo meio. Nossa defesa também precisa funcionar, junto com o bloqueio. Sabemos que não é fácil, mas estamos vindo de duas derrotas e queremos muito voltar a vencer em casa”, analisou.

O time candango está na sétima posição da competição, com cinco pontos. A equipe vem de duas vitórias em casa (para o São Bernardo Vôlei e para o São Cristóvão Saúde/São Caetano) e duas derrotas (para o E.C. Pinheiros, fora de casa e, em casa, para o Dentil/Praia Clube).

Esperando o ginásio lotado de torcedores, o técnico Sérgio Negrão também está esperançoso para o duelo. “A equipe de Osasco dispensa apresentações, mas nossa expectativa é de vitória. Temos uma equipe forte, estamos jogando de igual para igual com grandes times. Acredito que faremos um grande jogo”, comentou. 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x