Search
Wednesday 30 September 2020
  • :
  • :

Brasília lamenta desfalques e afirma “não ter nada a perder” sobre o segundo duelo

Foto: Luis Ventura/Melhor do Vôlei

Apesar da derrota na primeira partida dos playoffs ser diante do invicto Molico Osasco, o Brasília Vôlei sabe que os desfalques de Camilla Adão e Paula Pequeno fizeram falta.

Para Sérgio Negrão, a falta de entrosamento da levantadora Flavinha com o resto do time fez a diferença. “Estavamos com dois desfalques titulares. Espero que a Paula volte no segundo jogo, mas o novo maior problema foi o levantamento. Treinamos a temporada com a Camilla Adão. Já tinha três treinos com o time titular e aí o desentrosamento é nítido.”

Já a levantadora, destacou a oportunidade que recebeu, mas sabia também que seria difícil fazer algo além contra o Osasco. “É sempre difícil jogar com Osasco. É um desafio muito grande. Infelizmente aconteceu dela se machucar e eu estou encarando com uma grande oportunidade. Poder jogar o playoff e enfrentar um equipe como Osasco, para meu amadurecimento, não tem coisa melhor.”

Para o jogo 2, a levantadora quer o time com tudo. “A gente não tem nada a perder e a gente vai com tudo. Temos que jogar mais do que jogamos aqui, fomos muito mal e lá com certeza faremos um jogo melhor.”

Negrão vai na mesma linha e pede mais combatividade ao time. “A responsabilidade de ganhar é deles. A gente sabe disso e  eles fazem isso com muita propriedade, tanto é que estão invictos. Eles sempre serão os favoritos. O que eu espero é que o time tenha um pouco mais de poder de combatividade, que hoje fique aquém, mas vou creditar isso ao desentrosamento da levantadora com as atacantes.”

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x