Search
Friday 25 September 2020
  • :
  • :

Brasília surpreende e vence em casa o Vôlei Bauru

Paulistas foram surpreendidas pelo jovem elenco da capital brasileira. (Foto: Divulgação/Vôlei Bauru)

Depois de abrir 2 a 0 e permitir o empate, o BRB/Brasília fez valer o mando de quadra e surpreendeu o Vôlei Bauru por 3 sets a 2 (25/22 26/24 18/25 10/25 e 17/15). O confronto também foi marcado pelo reencontro de Paula Pequeno com o seu antigo clube. Apesar de ter sido o destaque do Bauru, a ponteira não conseguiu impedir a derrota.

A jovem levantadora Vivian Lima foi a escolhida para receber o troféu Viva Vôlei. As brasilienses agora se preparam para encarar o invicto Dentil/Praia Clube. Já o Bauru terá a chance de se recuperar na competição contra o Sesi-SP. As partidas acontecem na próxima semana.

As maiores pontuadoras do time bauruense no confronto contra o Brasília foram as ponteiras Dayse, com 18 pontos, Paula Pequeno e Palacio, com 17 pontos cadas, além das centrais Valquiria e Andressa, com 9 pontos cada.

Para a central Angelica, o time bauruense não fez boa partida. “Mesmo tendo melhorado no terceiro e quarto sets, precisamos apresentar melhor desempenho. Fica o alerta para a gente. Mas pelo menos a equipe conseguiu reagir, o que é importante, e essa é só a terceira rodada ainda. A força do grupo é sempre importante e melhorando o volume do jogo nosso jogo saiu um pouco e o final do jogo foi detalhe”, disse a atleta em entrevista à TVC Bauru.

Já o técnico Fernando Bonatto considerou que o time demorou demais a encaixar o jogo. “Não pode ser só no terceiro set, precisa ser mais organizado antes. Temos boa organização e quando conseguimos colocar isso em prática o jogo fica mais tranquilo e cria mais oportunidades. Mas no quinto set voltamos a cometer os erros dos primeiros dois sets. Precisa ter paciência para decidir o set, os pontos, independentemente se são no 0 a 0 ou no 14 a 14, saber o que está acontecendo do outro lado. Pecamos nos erros em relação a isso”, analisou o treinador em entrevista à TVC Bauru.

O jogo

O primeiro set, em que o Vôlei Bauru iniciou com Ju Carrijo, Paula Pequeno, Dayse, Palacio, Andressa Picussa, Valquiria e Shara Venegas, foi bastante equilibrado. O time brasiliense chegou a abrir três pontos de vantagem com 14 a 11, obrigando o técnico bauruense Fernando Bonatto parar o jogo. No reinício, o time bauruense chega ao empate em 15 a 15 e vira o jogo em 18 a 17 com ace de Dayse. Mas o Vôlei Bauru comete erros e permite ao Brasília passar à frente novamente chegando aos 20 a 19 e Bonatto parar novamente o duelo. No retorno o time bauruense não volta bem e o Brasília abre três pontos em 23 a 20, ganhando tranquilidade para fechar a parcial em 25 a 22.

No segundo set o time brasiliense abre 3 a 0, mas o Vôlei Bauru empata em boa passagem na rede de Ju Carrijo e passa à frente em 6 a 4 com dois bloqueios consecutivos. Com maior eficiência nos bloqueios e também nos contra-ataques, o time bauruense amplia para quatro pontos a vantagem chegando aos 16 a 12. Mas o Brasília não se entregou e conseguiu reagir, tirando a vantagem e passando a comandar o placar em 21 a 20 após erro de ataque de Andressa e Bonatto pedir novo tempo. No reinício o duelo seguiu equilibrado até o Vôlei Bauru cometer dois erros seguidos de ataque e o Brasília fechar em 26 a 24.

No terceiro set o time bauruense começa melhor e abre sete pontos de vantagem chegando aos 15 a 8, com o Brasília parando o duelo. No reinício o Brasília reduz a desvantagem para quatro pontos, chegando aos 16 a 12, e Bonatto para o jogo. O time bauruense volta a se encontrar no confronto e amplia novamente para 7 pontos com 20 a 13, vantagem confortável para manter a tranquilidade e fechar a parcial em 25 a 18.

No quarto set novamente o time bauruense inicia bem e abre 6 a 1, mas o Brasília diminui para apenas dois pontos e Bonatto para o jogo. No retorno o Vôlei Bauru volta a aumentar a distância no placar chegando aos 12 a 8, com o Brasília pedindo tempo. O time bauruense mantém o ritmo e, com bloqueio funcionando e contra-ataques eficientes, amplia a vantagem para 19 a 8, encaminhando com facilidade a vitória na parcial em 25 a 10.

No tie break, o Brasília começa abrindo 4 a 1 e Bonatto para o jogo. No reinício o Vôlei Bauru se recupera e empata em 4 a 4, mas o Brasília aproveita erros bauruenses e abre dois de vantagem chegando a 6 a 4. Na sequência o duelo seguiu ponto até o Brasília abrir 10 a 8 e Bonatto parar o jogo. No reinício, o time bauruense reage e empata em 10 a 10 e o Brasília para o jogo. No retorno o Brasília volta a abrir dois pontos com 12 a 10, mas o time bauruense empata e o jogo fica ponto a ponto até o Brasília fechar em 17 a 15.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
7 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Isa

Matéria ridícula exaltando um time que PERDEU! Aahhh Vá!!
Bsb Vôlei ainda vai surpreender muita gente! É só o começo!!
#GoBsbVôlei

Luciano

Sinceramente, se continuar com esses dirigentes cabeça dura, Bauru é um serio candidato ir p Superliga B, ja perdeu até p/ Sesi no Paulista. Esse tecnico pode até conhecer de volei, mas não conhece nada as peças que tem nas mãos.Fica fazendo experiencias, um dia a jogadora ta ponta, outro dia na saida, ai um jogo é uma levantadora é titular, no outro jogo entra a outra. ACORDA!! A época de fazer experiencias já passou, p/ isso que serve o Paulista…Tecnico amador, só lamento.

Mario Teodoro

Tb acho que com a Juma o time pode render bem mais, soh que
eh necessario que o tecnico consiga extrair e desenvolver todo o potencial dela. Do jeito que a coisa vai nem com a carrijo, nem com a Juma vai ter jeito, nao tenho opinao formada ainda sobre o tecnico mas espero que ele reveja o trabalho que esta desenvolvendo com as jogadoras e mais especificamente com a Juma que tem potencial gigantesco.

Edesio

Quem escreveu a matéri foi um torcedor do Bauru?
Curioso que o Brasília ganhou o jogo e a matéria só cita as pontuadoras do Bauru, a escalação do Bauru, o técnico do Bauru!

Paula Bissoli

Impressionante a cabeça dura de alguns técnicos. Não tenho nada contra Ju Carrijo e contra ninguém, mas Juma é muito superior a ela. Eles querem dar cabeçada? Não funciona. Por isso que o ZRG e o Bernardo são verdadeiros estrategistas. E ganham até com time mediano. Pirraça não ganha jogo!

Xalingo

Nem quando a Lyara (muito promissora) era a outra levantadora do Bauru Juma era reserva- sempre foi a titular.
Não dá pra entender como esse Fernando Bonatto acredita que o time melhora com Ju Carrijo de titular. Um absurdo.

Caterpillar

Falei que esse era o jogo que devia ser transmitido ao invés do SESC RJ x Renata Valinhos, mas a Globo só passa jogo das cariocas, emissora bairrista lixo
😉

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x