Search
Sunday 27 September 2020
  • :
  • :

Brasília Vôlei define o elenco para a temporada 2016/17

Crédito: Divulgação/Brasília Vôlei

Crédito: Divulgação/Brasília Vôlei

 

A espera acabou. As atletas e comissão técnica que disputarão a Superliga 16/17 pelo Terracap/BRB/Brasília Vôlei terão o primeiro contato nesta segunda-feira (04/07), no Ginásio do Sesi, em Taguatinga. A reunião, entretanto, será fechada para os torcedores e imprensa.

 

Base mantida

O objetivo de manter a base titular da temporada anterior foi concretizado. As centrais Vivian Pellegrino e Roberta Silva; a ponteira Amanda Campos e as levantadoras Macrís Carneiro – eleita três vezes seguidas a melhor no fundamento na Superliga – e Michelle Duarte renovaram o contrato.

 

Para intensificar a relação experiência e juventude, a diretoria do Brasília contratou: Andreia Sforzin, Sabrina Mancio e Letícia Bonardi (opostas; ex-SESI São Paulo e Cascavel/Unimed); Silvana Papini e Fernanda Oliveira (líberos; ex-São Caetano e Maranhão Vôlei); Larissa Gongra e Ana Paula Guth (centrais; ex-São Caetano e Concilig/Vôlei Bauru); Bia Martins (levantadora; ex-SESI São Paulo) e Mari Helen (ponteira; ex- Concilig/Vôlei Bauru).

 

A renovação da bicampeã olímpica Paula Pequeno está sendo negociada e o acerto deve ser finalizado no início da semana que vem.

 

Novo técnico

Nova temporada. Novo técnico. O Terracap/BRB/Brasília Vôlei será comandado por Anderson Rodrigues, ex-jogador campeão olímpico com a Seleção Brasileira em Atenas-2004.

 

Mineiro de Belo Horizonte, o ex-oposto foi técnico da Seleção Brasileira Militar e nos últimos dois anos, assistente do treinador Paulo Coco no Camponesa/Minas. Na Seleção Brasileira Masculina, é um dos homens de confiança de Bernardinho.

 

É a primeira vez que Anderson Rodrigues assume o comando de uma equipe na Superliga. “Estou muito feliz por ter essa oportunidade de dirigir uma equipe na Superliga. Estou muito confiante também em desempenhar um ótimo trabalho.”

 

O técnico do Terracap/BRB/Brasília Vôlei também não esconde a ansiedade. “O meu entusiasmo está me sufocando, mas preciso me conter pois agora estou focado na Seleção”, completa. Anderson deve se apresentar na folga antes das Olimpíadas, mas só irá assumir de fato o comando no dia a dia depois dos Jogos do Rio. Enquanto isso as atletas serão orientadas em quadra pelo gerente e ex-treinador, Sérgio Negrão.

 

 

Crédito: http://brasiliavolei.com/




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x