Search
Tuesday 22 September 2020
  • :
  • :

Bruno Schmidt e Pedro Solberg vencem etapa de Brasília e alcançam recorde

Foto: Fernando Elias/CBV

Foi mesmo quase impossível pará-los na temporada. Campeões por antecipação em Maceió (AL), Bruno Schmidt e Pedro Solberg (DF/RJ) confirmaram o grande momento em Brasília (DF) com mais uma etapa conquistada do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia 2012/2013. Do total de dez realizadas, a dupla, que jogou nove delas, subiu ao lugar mais alto do pódio oito vezes e ainda contabilizou um terceiro lugar. E mais: com o triunfo na capital federal, igualou o recorde de Alison/Harley (ES/DF) na edição 2009, de sete etapas vencidas em sequência.

A conquista foi como mais um presente para a cidade de Brasília, que neste domingo completa 53 anos, e também para Bruno Schmidt, que pela primeira vez é campeão dentro de casa. Aliás, é o primeiro brasiliense na história a vencer uma etapa do Circuito no Distrito Federal, em 14 edições realizadas. A decisão, na arena montada na Esplanada dos Ministérios, foi contra a dupla sensação na capital federal, Renatão/Gilmário (PB), que veio do torneio qualifying para brilhar na 10ª e última etapa da principal competição do vôlei de praia brasileiro. Mas os paraibanos não conseguiram parar os campeões, que venceram por 2 a 0 (21-15 e 21-14).

“É uma sensação maravilhosa. Sinceramente, não esperava entrar em quadra e ouvir o meu nome gritado pelo público da minha cidade durante todo o jogo. Ter esse reconhecimento é demais. Tenho sete anos de carreira, passei por muitas dificuldades, sou o jogador mais baixo do circuito brasileiro e mundial (1,85m), mas minha família sempre esteve do meu lado para me fortalecer. Quero dedicar tudo ao Pedro, esse grande jogador, o mais novo a conquistar o Circuito Mundial. Só tenho a agradecê-lo pela oportunidade de jogar ao seu lado”, declarou Bruno Schmidt, que ainda foi eleito o melhor jogador da final.

Ao final da partida, o carioca Pedro Solberg chegou a se emocionar e a chorar com mais uma etapa conquistada. Como chegou a dizer na véspera da decisão, nunca imaginava que alguma dupla pudesse igualar o feito de Alison e Harley. Um resultado para fechar com chave de ouro uma temporada praticamente perfeita.

“É importante finalizar uma competição desta forma. Realmente, eu e Bruno formamos uma parceria de verdade, temos uma química muito boa. Ele me ajudou a ser campeão na etapa do Rio, na minha casa, e pude retribui-lo aqui, agora, na cidade onde ele nasceu. Isso é muito legal, vencer com toda a família e os amigos por perto. Se a gente conseguir reproduzir esse nosso momento no Circuito Mundial, que começa nesta semana, temos tudo para dar certo também”, disse Pedro, que segue hoje rumo à China, para a etapa Open de Fuzhou, a primeira da temporada 2013.

Os derrotados Renatão e Gilmário não se sentiam desta forma após a decisão. Afinal, a dupla paraibana chegou à sua primeira final, em apenas três etapas jogando junta, e surpreendeu muita gente. Deixaram pelo caminho, por exemplo, as parcerias Ricardo/Álvaro Filho (BA/PB), Bruno/Hevaldo (AM/CE) e, nas semifinais, Harley/Benjamin (DF/MS).

“Vencemos as duas últimas etapas do Circuito Banco do Brasil Nacional, em Maceió e Brasília, e chegamos à nossa primeira decisão do torneio principal. Foi uma etapa muito importante pra gente, por nossa superação, vencendo três fortes duplas mantendo um bom ritmo. E para bater o Pedro e o Bruno, hoje em dia, o adversário tem que jogar muito bem, praticamente não se pode errar. Mas só tenho a agradecer a toda minha comissão técnica e ao Renatão. Estou muito feliz”, afirmou Gilmário.

Na disputa pelo terceiro lugar, melhor para Vitor Felipe/Evandro (PB/RJ), que venceu Harley/Benjamin (DF/MS) com um duplo 21/18 e completou o pódio em Brasília.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x