Search
Wednesday 23 September 2020
  • :
  • :

Bruno Schmidt e Pedro Solberg vencem Grand Slam

Foto: Divulgação

Enquanto Pedro Solberg até campeão do Circuito Mundial já foi, em 2008, Bruno Schmidt jamais havia conquistado uma etapa sequer da competição. Neste domingo (16.06), porém, juntos eles conquistaram o Grand Slam de Haia (HOL) e colocaram uma dupla masculina do Brasil pela primeira vez no alto do pódio na atual temporada.

E Bruno Schmidt e Pedro Solberg voltaram a sentir o gostinho de uma conquista. Até porque, nos últimos tempos, chegar a uma final e ganhar se tornou uma rotina para a dupla. Na edição 2012/2013 do Circuito Banco do Brasil 2012/2013, da qual se tornaram campeões, eles disputaram nove das dez etapas e ganharam nada menos do que oito, ficando em terceiro lugar na outra.

E quem provou desse entrosamento cada vez mais refinado dos brasileiros na decisão foram Janis Smedins e Samoilovs. E foi uma espécie de revanche, visto que os letões derrubaram Bruno e Pedro na semifinal do Grand Slam de Corrientes (ARG), na etapa passada. E eles trataram de devolver aquela derrota com classe, com o mesmo voleibol que encantou o Brasil na última temporada.

Sempre à frente do placar durante todo o jogo, os brasileiros pareciam jogar em casa. Como um gigante no bloqueio, Pedro Solberg formava um paredão diante do também grandalhão Samoilovs. A dupla da Letônia insistia em sacar em cima de Bruno, acreditando que a mais baixa estatura do brasiliense facilitaria a vida deles. Mas não foi o que aconteceu. Subindo muito, Bruno colocou a maioria das bolas na areia.

E o primeiro set, equilibrado, mas sempre com o Brasil em vantagem, terminou com vitória de Bruno e Pedro por 21/19. E o segundo foi um verdadeiro passeio em Haia. De repente por jogarem de coletes laranjas, a cor da Holanda, a dupla brasileira ganhou a torcida e fechou a partida com um massacrante 21/12. Festa na arena para o primeiro título internacional da parceria.

“Adoro este lugar, amo jogar aqui. E desde 2010 que não ganhava uma etapa do Circuito Mundial. Cheguei a algumas finais, mas o título acabou não vindo. E chegou agora ao lado desse grande parceiro que é o Bruno. Só tenho a agradecer a ele e a toda minha família, que estão sempre do meu lado”, declarou Pedro. “Fomos campeões do circuito nacional, o que foi muito bom, mas nada mais gratificante do que ganhar no Circuito Mundial. Vamos lutar até o fim pelo título da temporada”, completou Pedro, campeão em 2008 com Harley

Na disputa pelo terceiro lugar em Haia, os poloneses Fijalek e Prudel derrotaram os austríacos Huber e Seidl por 2 a 0, parciais de 21/18 e 21/16, e completaram o pódio.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x