Search
Wednesday 23 September 2020
  • :
  • :

Camila Brait: “Em maio, o rolê será no Japão”

Crédito: João Pires/Fotojump

 

O Vôlei Nestlé está confirmado como um dos representantes do Brasil na edição de 2017 do Campeonato Mundial de Clubes, que será disputado em Kobe, no Japão, de 8 a 14 de maio. Campeão Mundial em 2012, em Doha, no Qatar, o clube de Osasco conta com as parcerias da Nestlé, patrocinador da equipe desde 2009 e que soma duas conquistas da competição, pois apoiava o Leite Moça quando o time da cidade de Sorocaba levantou o troféu em 1994, e da Vedacit, que vestirá a comissão técnica. Esta será a quinta participação de Osasco e nas quatro anteriores Luizomar e suas comandadas sempre estiveram no pódio, com uma medalha de ouro, duas pratas e um bronze.

 

A líbero Camila Brait esteve presente em todas as participações do time de Osasco e revela o “gostinho” de ser campeã mundial. “Jogar o Mundial é sempre difícil porque lá estão os melhores times do mundo. Sabemos que precisamos seguir crescendo nesta fase final da Superliga pensando em executar um bom papel no Mundial. É muito importante ganhar uma medalha e não importa a cor. Claro que nosso objetivo será o ouro, mas além do título de 2012 já conseguimos duas pratas e um bronze. Esse grupo é muito bacana, um dos melhores que já trabalhei. Ser campeã mundial é uma sensação maravilhosa. A felicidade é enorme de ter seu trabalho reconhecido e espero sentir isso novamente esse ano. Em maio, o rolê será no Japão”, brinca a jogadora, em referência à campanha “O Rolê é Nosso”, lançada em janeiro com um videoclipe dirigido por Kondzilla e com a participação da rapper Karol Conká e que continua com uma websérie de seis episódios chamando a atenção para a realidade, os desafios e as conquistas das heroínas do time.

 

A campeã Olímpica Dani Lins, que disputará o Mundial pela segunda vez, também está empolgada com a possibilidade de ganhar seu primeiro título. “É uma oportunidade ótima para o Vôlei Nestlé e que foi muito bem recebida por todos que trabalham no time. O clube já é campeão mundial e teremos a chance de conquistar mais um título para a cidade de Osasco e para o nosso patrocinador, que também já levantou esse troféu na década de 90. Nesse momento estamos focadas na Superliga, com partidas difíceis pela frente, mas considero uma oportunidade excelente para mostrarmos nosso vôlei lá fora e colocar a Nestlé ainda mais em destaque. Vamos para o Japão fazer o nosso melhor e quem sabe dar o primeiro passo conquistando a competição pelo clube e depois em 2018 pela seleção também”, ressalta a jogadora.

 

A ponteira Tandara terá a primeira oportunidade de jogar o torneio. “Estou muito feliz porque nunca joguei um Mundial. É uma oportunidade única, pois não sei quando terei essa chance novamente. São os melhores times do mundo e o Vôlei Nestlé está entre eles. Será uma experiência singular e estou encarando de uma maneira positiva. O clube faz um trabalho de excelência, sempre mantendo o alto nível, e uma boa sequência na Superliga ajudará na preparação para o Mundial. Sou uma das poucas jogadoras que é campeã mundial Infanto e Juvenil e tenho uma chance no adulto pela seleção e agora também pelo clube. Com certeza quero muito este título por ser o único que não conquistei”, assegura a atacante.

 

O Campeonato Mundial de Clubes foi realizado pela primeira vez em 1991, em São Paulo, e o clube brasileiro Sadia foi o primeiro campeão. Em 1994, o Leite Moça, com sede em Sorocaba, conquistou o título batendo o Parmalat/Matera, da Itália, em torneio realizado em Osasco, com Ana Moser com MVP. Já em 2012, o Sollys/Nestlé subiu ao topo do pódio derrotando o Rabita Baku, do Azerbaijão, campeão de 2011. Vitória por 3 sets a 0 na decisão e com Sheilla como melhor jogadora da competição.

 

Parceria com a Vedacit – No Mundial, o Vôlei Nestlé terá a parceria da Vedacit. O técnico Luizomar e a comissão vestirão a camisa na cor da Vedacit – amarelo – e receberá a inclusão da logomarca na frente, costas e mangas.

 

“As meninas representam toda a coragem das mulheres brasileiras, compartilhando histórias de vida cheias de lutas, desafios e superações. Acreditamos no potencial do time e por isso estamos ao lado da Nestlé para que façam parte do Mundial”, destaca Mauricio Gasperini, gerente executivo da Vedacit.

 

Além da Vedacit, o Shopping Center Norte – que também faz parte do Grupo Baumgart – participa da iniciativa. “O esporte promove cada vez mais a transformação de jovens. Ações como essas incentivam que equipes engajadas e preparadas tenham a oportunidade de participar de um evento com outros atletas e profissionais de diferentes países, gerando novas experiências e possibilidades de carreira. Nos próximos meses, o Shopping Center Norte será um espaço de ações relacionadas ao vôlei, trazendo novidades que divulgaremos em breve”, afirma o diretor-superintendente do Shopping Center Norte, Ricardo Afonso.

 

Nestlé busca tricampeonato do Mundial – A Nestlé tem história vitoriosa no Mundial de Clubes. A empresa participou da competição cinco vezes, com títulos em 1994, com o Leite Moça, de Sorocaba, e 2012, com o Sollys/Nestlé, de Osasco. Ainda por Osasco, a multinacional foi medalha de prata nas edição de 2010, com Sollys/Nestlé, e 2014, com Molico/Nestlé, e ganhou o bronze, em 2011, com o Sollys/Nestlé. A Nestlé esteve no pódio todas as vezes que disputou o torneio.

 

Campeões do Mundial no Feminino
1991: Sadia (Brasil)
1992: Messagero Ravenna (Itália)
1994: Leite Moça (Brasil)
2010: Fenerbahce (Turquia)
2011: Rabita Baku (Azerbaijão)
2012: Sollys/Nestlé (Brasil)
2013: VakifBank (Turquia)
2014: Dínamo Kazan (Rússia)
2015: Eczacibasi Vitra (Turquia)
2016: Eczacibasi Vitra (Turquia)




Subscribe
Auto Notificar:
guest
37 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
marisa alves

ACOMPANHO VOLEI DESDE DE 1981 E O ESPORTE MAIS INTENSO E ELETRIZANTE SOU DO SUL DO BRASIL TORÇO PELO NOSSO VOLEI QUANTO A JOGADORA DANI LINS ACHO ELA UMA EXCELENTE ATLETA. QUANTO OS TIMES BRASILEIRO QUE VÃO REPRESENTAR O NOSSO PAÍS NO JAPÃO TORÇO PARA TODOS INDEPENDETE SE FOR OSASCO OU REXONA.

GLAUCIA

Meu objetivo aqui é dar a minha opinião. Não sou fanática por equipe nenhuma, sabe o que sou?? realista e educada! Hoje neste tópico uso o termo ”PSEUDO SELEÇÃO” que para pessoas que sabem interpretar texto, entendem que não era a seleção campeã olímpica pois não tinha as FABIS e nem a DANI LINS na época, mas tinham sim 4 titulares e suas reservas imediatas! Outro fator que me deixa feliz é que posso vir aqui e dar minha opinião numa boa, pois palavras como: idiota, ridícula entre outras são nomes utilizados por torcedores bairristas e completamente sem noção que… Ler mais »

Adore Delano Fierce

LIndasssss belissimas!!! Arrasaram!! Dani Lins diva gritando na cara das rancorosas, batendo o cabelão: “Sou campeã olímpica, sou rycaaah rank 7 , não precisei jogar fora do Brasil pois cobriram o salario oferecido no exterior! E meu marido tem 2,05m e calça 47 !!! Se cortem invejosas!!” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Bjsss

GLAUCIA

Veja Thiago Souza, eu nem gostaria de ironizar srrsrs, mas quaisquer equipes femininas no Brasil devem ser ironizadas neste caso mesmo, olha que disparate!! o Brasil estava no seu auge, Osasco tinha a pseudo seleção brasileira, foram lá e venceram!!! ficamos todos empolgados com a idéia … Veja que lindo Osasco campeão MUNDIALLLLLLL….Nossaaaaaaaaa!! Depois chegam no Brasil e essa pseudo seleção leva sacode na humilde SUPERLIGA e sofre desmanche!! Impossível entender o esporte. a realidade é: nem as equipes russas e italianas terão força contra as turcas então que sirva de experiência e de rolêzinho mesmo!! kkkkkk Elas falam isso… Ler mais »

Vôlei Top

Glaucia gostei demais de seu comentário. Ontem estava pensando a mesma coisa. O vôlei brasileiro está indo para o mesmo buraco do futebol.

A Superliga Feminina que antes contavam com as melhores, hoje não bate de frente com uma liga Italiana e nem Turca. Culpa dos dirigentes dos clubes, que deixam a CBV mandar em tudo.

Nestes últimos anos, quais jogadoras jovens foram convocadas para a seleção brasileira? São poucas e raras as que tem grande potencial para assumir a titularidade da seleção principal.

China, Itália e Sérvia estão bem a frente do Brasil nessa renovação.

João

Cala boca Glaucio

Adore Delano Fierce

Pseudo sele;’ao oi Kerido, o ranking n’ao permite que um clube tenha a sele;’ao, o objetivo [e esse, para de falar besteira torcedor do RJ tolinha.

GLAUCIA

mesmo sendo linchada!! preferia o PRAIA!! Se o REXONA não for elas não terão problemas com o lado psicológico kkkkkkk Osasco se for com essa equipe – ai meu deus … será sacode!! pense se a Malesevic não jogar entra a Gabiru!! se a Naty não mandar bem entra Saraelen!! rs O Rexona tb será caixa de pancada e o Bernardo deu uma entrevista e disse … vamos com o que temos, pois não temos dinheiro em caixa o nosso objetivo já sabemos qual é … Sei que o pessoal está feliz com os brasileiros no Japão, mas quaisquer das… Ler mais »

Renato

Falou tudo.
Tem gente ai que vive na ilusão…Osasco mesmo com patrocínio não vai contratar ninguém a mais só pra ir pra mundial, não!

Osasco é time de várzea se comparado aos times europeus…Rexona ainda pode ameaçar alguns, mas daí a levar título contra os grandes turcos…jamais…

Digo e repito: Rexona vai para talvez melhorar a sua quinta colocação no último mundial para a quarta ou terceira. E osasco vai, além de apanhar, comer comida japonesa e dar rolê!

Aline

PANI RUINS nao sabe jogar com bolas altas. Se pegasse e SELECAO DA SERVIA PRATA EM 2016, com jogadoras gigantes de mais de 1,90m a PANI RUINS iria tombar todas elas com suas bolas baixas! Tenho muita pena da BJELICA, coitada tem que se virar com o lixo de bola baixa q recebe! Fabiola ja provou no KRASNODAR e no VOLERO ZURIC que sabe levantar bolas pra SERVIAS E RUSSAS que pegam a bola alta. Pani Ruins eh a TREVA!

Thiago_Souza

Renato… Parece que eles querem sim contratar alguém “só” para o mundial. Só que acho que eles terão como opção as jogadoras que estão aqui no Brasil. Pois nos outros países os campeonatos ainda não acabaram. Acontece que o problema do Oz não é apenas um, são vários, teriam que quase montar um novo time, como bem ironizou aí a Gláucia. Ao meu ver: Levantadora, meios de rede, pontas e opostas. Vixi! Um time novo! rsrs Vai ser bom para o Rexona, que pelo menos não vai ficar em último. Antes levassem o Praia. Mas Fabiana, insatisfeita com o time,… Ler mais »

Luzon Diore Willam

Falou tudo KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK olha a moskita se auto elogiando , riundo horrores do psicopata

Renato

Osasco vai envergonhar o vôlei feminino brasileiro lá fora, que já não tá lá essas coisas!

Melhor se Minas ou Bauru tivessem sido convidados!

Jess

Bauru?

Claúdio T.

Você está de sacanagem né? Bauru? Você assiste os Jogos do Bauru? O que o Minas fez de importante ao longo da temporada para merecer a vaga? Osasco também não fez nada, mas possui história no Mundial e o patrocinador preferiu levá-los.

Paulo

O time falido do RJ também levou toco e ficou em 5o. lugar, sendo que o Osasco já foi campeão. Grande bosta otário, cala boca,

Aline

Eu torço contra o penetra! Se nem na Superliga essa merda de time se garante, vai levar pau no Mundial.

Miguel

O Osasco vai ter um desempenho superior ao Rio de Janeiro. Teria condições até de ser campeão se a levantadora não fosse a Dani Lins. Bola para a Bjelica é curta e baixa, que ataca bolas altas e cômodas. Bola para a Paula Borgo é sempre a mais marcada e espetada. Bola para a Malesevic é sempre curta. Malesevic ataca bolas altas e rápidas. Se colocassem a Carol Albuquerque, o time andaria melhor nas pontas pelo menos. Carol desbancou Dani Lins algumas temporadas atrás. E pelo Rio de Janeiro, Roberta vem decaindo ao longo das partidas. Camila Adão tem entrado… Ler mais »

Jess

Não sei qual o contrato que os treinadores lê-se (Luizomar e Zé Roberto) assinam, que não se pode colocar a Dani no banco..

Mama Ru

É a primeira temporada da Roberta como titular. Apenas na partida em Osasco a Roberta não jogou bem e foi substituída. O Problema da Roberta(assim como todas as jovens levantadoras) é que faz um set muito bom e o outro muito ruim. Mesmo assim ainda é a mais regular: – Claudinha: Burra, deu a vitória pro Rexona – Macris: Melhor levantadora da Superliga, mas é muito ousada e faz merda nos momentos decisivos. – Dani: Levanta pro Juíz – Naiane: Burra² Não o que o Minas ainda esta fazendo com ela. – Juma: É promissora, mas assim como a Macris… Ler mais »

Paulo

Cala boca Aline, vá procurar patrocinador para seu time falido, otária.

Aline

Puseram a PANI RUINS com pontuação 7??? Acorda!!! Quando que ela vale 7 pontos essa jaqueira?

Claúdio T.

A Jogadora é avaliada em 7 pontos quando possui conquistas com a Seleção Principal atuando de titular.

Oi?

Oi? A Tandara ganhou o quê com a seleção principal de titular???

Mama Ru

Tambem levam em consideração as temporadas anteriores. A CBV não costuma “Rebaixar” Atletas, a não ser por causa da idade. A Tandara foi essencial pra Seleção em Londres/2012. Sempre que entrava distribuía bombas. A Gabi(do Rio) também é uma jogadora que vale 7 pontos, mas sabemos que a nível de seleção só ganhou um grand prix como titular. A meu ver essa lista de jogadoras de 7 pontos está correta.
Obs: Apesar da Dani ser uma “jaqueira” o que acontece com todos os profissionais do volei que a consideram a melhor do Brasil? Só queria entender isso

joana

Roberta é ridícuoa, toda hora se perde no jogo.

Aline

PANI RUINS,ninguém merece! Quanto essa TAL DE VEDACIT teve que pagar ao ARI GRAÇA pra comprar essa vaga de penetra no Mundial?

Jandira

E a Roberta tonta só jaca para as coitadas … que pena vai ficar desempregada tadinha, pq o time faliu. O dó.

TITANIC 100 ANOS

Insisto que o Osasco com esse novo patrocinador deve trazer a Hooker e a Fabiola de volta porque a Fabiola sabe o tempo certo de bola da Hooker. Até eu mesmo sei o tempo certo da Hooker ( alto próximo a linha dos três metros na saída de rede, estilo como a startseva joga pras russas) pois a hooker tem um poder de impulsão muito alto. Mesmo que o Osasco traga a Hooker jogando com a Dani não vai vingar porque a Dani é e sempre foi uma levantadora preguiçosa e espeta as bolas . Foi assim que ela acabou… Ler mais »

Jess

Vdd

Miguel

Pode ser com a sérvia mesmo. Basta apenas trocar a levantadora.

É bem isso. O cérebro não pensa! Parece que até a habilidade ela perdeu.

Miguel

Claudinha é melhor que Dani Lins! 5PdkY

TITANIC 100 ANOS

Pro Mundial Osasco minha Opinião: Hooker, Fabiola, Brait, Malesevic, Tandara, Bia e Walewska.

Adore Delano Fierce

Mundial esse ano com Hooker jogando no Minas? Oi?

TITANIC 100 ANOS

talvez se trouxerem de volta a Hooker e a Fabiola esse time pode beliscar alguma coisa….Quem em sã consciência acha que o Osasco com o meio de Rede pífio desses com Bia, Nati e Saraenlen consiga alguma coisa???/ Nada contra elas pessoalmente, mas essa formação não dá.

Alysson

Colocaram logo as duas principais responsáveis pela decadência osasquense para ilustrar a reportagem.

Pani Lins levantando pro juizado cadeira na última partida foi hilário.

P.S.: penetra do Mundial. Vai tomar um sacode do Rexona internacionalmente.

Alysson

juiz de*

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x