Search
Thursday 1 October 2020
  • :
  • :

Campeões da temporada contra surpresas marca a final masculina em Brasília

Foto: Fernando Elias/CBV

 

No dia de seu aniversário de 53 anos, a capital federal Brasília receberá uma final das mais curiosas do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia 2012/2013. Neste domingo (21/04), na arena montada na Esplanada dos Ministérios, a dupla já campeã Bruno Schmidt/Pedro Solberg (DF/RJ), que chega à sua oitava final em nove etapas que disputou, enfrentará a surpresa da etapa de Brasília (DF): os paraibanos Renatão e Gilmário, que vieram do qualifying e deixaram favoritos pelo caminho.

Aliás, a dupla do momento do vôlei de praia brasileiro pode entrar para a história neste domingo. Com seis títulos conquistados em série, Bruno Schmidt e Pedro Solberg podem igualar as sete vitórias consecutivas de Alison e Harley (ES/DF) na edição 2009, caso sejam campeões no Distrito Federal. A parceria contabiliza um outro primeiro lugar, em Goiânia (GO), além de um terceiro, em Belo Horizonte (MG). Só não jogaram juntos a primeira etapa, em Cuiabá (MT), pois Pedro estava lesionado.

“Seria especial atingir essa marca do Alison e do Harley. É um recorde muito bonito, impressionante, e pensei que nunca alguém fosse conseguir igualar. Estamos perto, mas ainda tem um jogo. Quando eu e Bruno nos juntamos, a expectativa era grande na formação de um grande time. Estamos nos acostumando a chegar às finais, e isso é bom. Mas temos que manter os pés no chão, sempre”, declarou Pedro Solberg.

Na manhã deste sábado, pelas quartas de final, os campeões por antecipação passaram por Anderson Melo/Averaldo – outra dupla que veio do qualifying – com uma vitória por 2 a 0, parciais de 21/12 e 21/13. Na semifinal, Bruno e Pedro emplacaram um novo 2 a 0 (21/12, 20/22 e 15/8), sobre Evandro e Vitor Felipe (RJ/PB), seus companheiros de seleção brasileira, e se garantiram em mais uma decisão.

“Para falar a verdade, diria até que Evandro e Vitor Felipe eram favoritos nessa semifinal, pela areia dura, mas soubemos buscar o jogo. Reunimos a força e a vontade de vencer e ganhamos bem no tie break”, comentou Bruno Schmidt, que analisou os adversários da final. “É um time que está embalado, que tem uma química boa. Eles venceram Ricardo e Álvaro Filho, além de Harley e Benjamin. Vamos entrar pressionados em quadra”, emendou.

Já Renatão e Gilmário passaram por Bruno e Hevaldo (AM/CE) com uma vitória por 2 a 1, parciais de 21/18, 19/21 e 15/6, antes de fazerem a semifinal contra os experientes Harley e Benjamin (DF/MS). E com um jogo consistente, surpreenderam. Renatão, do alto de seus 2,01m, foi mesmo um gigante, com oito pontos de bloqueio.

“Realmente, tenho que admitir que foi uma surpresa. Viemos do Circuito Nacional pensando em fazer um bom papel, mas não imaginávamos que chegaríamos tão longe. Mas a confiança foi aumentando jogo a jogo, apesar de termos perdido na estreia. E sempre jogamos contra os favoritos do outro lado. E soubemos aproveitar isso. Eu e Gilmário temos uma química muito boa e vamos tentar fazer uma boa apresentação na final”, declarou Renatão.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x