Search
Friday 18 June 2021
  • :
  • :

Carol: “jogamos como uma equipe”

Central foi eleita a melhor do jogo. (Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Dentil/Praia Clube (MG) e Itambé/Minas (MG) estão na final da Superliga Banco Do Brasil 20/21. Neste domingo (28.03), o time de Uberlândia (MG) e a equipe de Belo Horizonte (MG) venceram, respectivamente, Osasco São Cristóvão Saúde (SP) e Sesi Vôlei Bauru (SP) por 3 sets a 0 (25/12, 25/18 e 25/22) e 3 sets a 2 (17/25, 25/22, 17/25, 25/17 e 15/8), no Centro De Desenvolvimento De Voleibol, em Saquarema (RJ). Com o resultado, as equipes mineiras fecharam o playoff com duas vitórias.

No jogo que abriu a rodada, a central Carol, assim como na primeira partida da série, teve uma grande atuação e ficou com o Troféu VivaVôlei. A atacante terminou o confronto com 15 pontos (10 de ataque, quatro de bloqueio e um de saque). Ao final do jogo, ela comentou a classificação para decisão de mais uma Superliga Banco Do Brasil.

“O nosso time está de parabéns. Jogamos como uma equipe e quem entrou em quadra deu conta do recado. O time de Osasco também tem uma equipe forte e sabíamos que seria uma série difícil. Conseguimos manter o foco na partida e o nosso saque funcionou para tirar o passe das mãos da Roberta. Agora vamos descansar para jogar a final”, disse Carol.

Pelo lado do Osasco São Cristóvão Saúde, a oposta Tandara lamentou a derrota e a atuação do time paulista no segundo confronto do playoff semifinal.

“Começamos o jogo bem, mas depois não conseguimos mais passar e estávamos com dificuldade de colocar a bola para cima. Perdemos a cabeça em muitos momentos. Nós fizemos o possível, mas infelizmente não conseguimos a vitória”, analisou Tandara.

Na sequência, o Itambé/Minas garantiu a vaga na final com mais uma boa atuação da central Thaisa. Ela terminou o confronto com 14 pontos e ficou com o Troféu VivaVôlei. A bicampeã olímpica fez uma análise da partida e da atuação do Itambé/Minas na semifinal.

“Sabíamos que seria um jogo digno de uma semifinal como realmente aconteceu na partida de hoje. Elas entraram com tudo porque era a última chance. O Sesi Vôlei Bauru sacou muito bem, mas nos juntamos e jogamos como equipe. Todas no nosso time jogaram juntas por um único objetivo e esse foi o diferencial da partida”, afirmou Thaisa.

No Sesi Vôlei Bauru, a levantadora Dani Lins fez uma análise da temporada do time bauruense.

“Foi uma temporada difícil, com altos e baixos, Covid, mas também tivemos grandes momentos. O voleibol é um jogo de quem erra menos. Nós fizemos ótimos e péssimos sets. Hoje não podemos tirar o mérito da Dani Cuttino que não começou bem e foi a principal jogadora do quinto set. Nosso time também está de parabéns por toda a dedicação que teve na temporada. Fica o gosto amargo porque podíamos ter levado a série para o terceiro jogo”, finalizou Dani Lins.

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL FEMININA 20/21

Semifinal – 1ª rodada

26.03 (SEXTA-FEIRA) – Osasco São Cristóvão Saúde (SP) 2 x 3 Dentil/Praia Clube (MG), às 19h, no CDV – SPORTV 2 (21/25, 25/19, 25/18, 17/25 e 12/15)

26.03 (SEXTA-FEIRA) – Itambé/Minas (MG) 3 x 1 Sesi Vôlei Bauru (SP), às 21h30, no CDV – SPORTV 2 (25/22, 24/26, 25/19 e 25/17)

28.03 (DOMINGO) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 0 Osasco São Cristóvão Saúde (SP), às 19h, no CDV – SPORTV 2 (25/12, 25/18 e 25/22)

28.03 (DOMINGO) – Sesi Vôlei Bauru (SP) 2 x 3 Itambé/Minas (MG), às 21h30, no CDV – SPORTV 2 (25/17, 22/25, 25/17, 17/25 e 8/15)




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x