Search
Tuesday 29 September 2020
  • :
  • :

CBV oficializa dúvida entre São Bernardo e Rio de Janeiro para final da SL

Foto: Divulgação

Para jogar em casa, Unilever terá que torcer pelo Sesi

Agora é oficial! Quem comprou passagens para São Paulo e não quer perder a viagem, terá que torcer pelo Molico Osasco. E para quem quer ir ao Rio, a opção é torcer pelo Sesi.  Exatamente às 16h38, em seu site, a CBV confirmou o que o Melhor do Vôlei adiantou nesta quarta-feira (16/04): a final está entre Rio de Janeiro e São Bernardo.

A definição confusa mostra realmente que a fase administrativa da CBV não anda das melhores. Em Janeiro, a entidade cravou com todas as palavras que a final seria no estado do time que terminasse em primeiro a fase de classificação. Na ocasião, a entidade até lembrou, que no momento, seria em Minas, pelo Sada Cruzeiro, e em São Paulo, pelo Molico Osasco.

Agora, contrariando a si mesmo, a CBV anuncia que a final vai ser no estado do finalista com melhor campanha. Se der Unilever x Sesi, será no Rio, pois a Unilver foi terceira e o Sesi quarto. Agora se repetir Molico x Unilever, a final será em São Bernardo do Campo, local que a CBV escolheu, já que o Ibirapuera estará indisponível no mesmo dia.

Confira como a CBV explicou o local da final em Janeiro e agora. (clique nas datas para ver os comunicados oficiais da entidade)

Segunda-Feira, 6 de Janeiro de 2014

“Durante a reunião, ficou definido o critério de escolha das sedes das finais da atual edição da Superliga. As partidas serão realizadas no estado das equipes que terminarem a primeira fase no topo da classificação. Hoje, o Sesi-SP lidera o torneio masculino, enquanto o Molico/Nestlé (SP) está em primeiro no feminino.”

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

“Apenas um time está garantido na grande final da Superliga feminina de vôlei 13/14. A Unilever (RJ) passou pelo Vôlei Amil (SP) por 2 jogos a 0 e assegurou a vaga na decisão. Agora, o local da partida que decidirá o campeão da temporada está nas mãos de Molico/Nestlé (SP) e Sesi-SP. Se vencer, o time de Osasco (SP) terá a vantagem de jogar em casa, no estado de São Paulo, por ter terminado a fase de classificação em primeiro lugar. Assim aconteceu com o Sada Cruzeiro (MG), que jogou no Mineirinho e foi campeão da Superliga masculina.

Porém, a história pode mudar de figura, já que o Sesi-SP venceu o primeiro confronto pela semifinal, na última sexta-feira (11.04), e jogará a próxima, no sábado (19.04), em casa. Se vencer, o time da Vila Leopoldina estará classificado para a final. Sendo assim, a equipe finalista de melhor campanha na fase classificatória passa a ser a Unilever, que terminou em terceiro, herdando o mando de campo. Neste caso, a grande decisão acontecerá no Rio de Janeiro, no ginásio do Maracanãzinho.

Se o Molico/Nestlé empatar a série no próximo sábado e virar no terceiro jogo, a final será no estado de São Paulo. O ginásio escolhido, caso isso aconteça, foi o Adib Moysés Dib, na cidade de São Bernardo do Campo (SP).

O Molico/Nestlé terminou a fase de classificação em primeiro lugar. O Vôlei Amil (SP) foi o segundo colocado, porém foi eliminado na semifinal pela Unilever. A equipe carioca foi a terceira colocada. E o Sesi-SP terminou a primeira fase em quarto.”




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x