Search
Wednesday 2 December 2020
  • :
  • :

Circuito Brasileiro: Ágatha/Duda e Josi/Juliana decidem o título da segunda etapa

Juliana disputa a bola com Victoria (Créditos: Ana Patrícia/Inovafoto/CBV)

Após a estreia da temporada 2020/2021 no mês passado, a ansiedade deu lugar ao equilíbrio e a disputa da segunda etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Open contou com grandes partidas. Ao longo da rodada deste sábado (17.10) dez jogos movimentaram a arena no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). Ao fim da jornada, as classificadas para a decisão do torneio foram Ágatha/Duda (PR/SE) e Josi/Juliana (SC/CE).

A disputa do ouro acontece na manhã deste domingo (18.10), por volta das 11h (de Brasília), com transmissão exclusiva do canal SporTV 3. Antes, às 10h, Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Tainá/Victoria (SE/MS), superadas nas semifinais, se enfrentam valendo a medalha de bronze, em partida que também será televisionada pelo canal campeão.

Mesmo sem contar com público presente em razão dos protocolos de segurança sanitária, as partidas não ficaram sem torcida. Alguns fãs do vôlei de praia tiveram a oportunidade de acompanhar os duelos por meio da “Arquibancasa”. Acessando um convite virtual, os fãs interagiram com o animador e participaram de ações nos intervalos das partidas. O sistema foi exibido em telões na quadra central e trouxe animação e cores para dentro da competição.

Os torcedores também puderam eleger as melhores jogadoras em quadra de cada partida das semifinais por meio de votação no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Ágatha e Juliana foram as eleitas nos respectivos confrontos das semifinais. A disputa de bronze e ouro também contará com a votação.

A primeira semifinal da noite foi uma reedição da final da etapa passada. No duelo entre as duas duplas que representarão o Brasil em Tóquio, no ano que vem, foi a vez de Ágatha e Duda (PR/SE) levarem a melhor sobre Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), de virada, por 2 sets a 1 (19/21, 21/18 e 15/12). Destaque na partida, Ágatha comentou sobre o equilíbrio presente no duelo entre os dois times, que tem acontecido com frequência.

“Sempre será um jogo muito bom, de nível alto em razão dos dois times, que se conhecem muito. Temos que mesclar. Ter muita força em alguns momentos, e em outros, mais raciocínio lógico, e fazer isso não é fácil. E as duas duplas que se enfrentaram aqui têm essas características, por isso sempre fazemos duelos com muito equilíbrio. Estou muito feliz, saímos daqui na outra etapa com uma prata e voltamos para esta com sede de ouro. Treinamos muito e colocar em prática o que treinamos é muito bom”, contou Ágatha.

Na outra partida das semifinais, aconteceu o duelo de gerações entre as experientes Josi e Juliana (SC/CE) e as representantes da nova geração, Tainá e Victoria (SE/MS). Melhor para Josi e Juliana que venceram por 2 sets a 1 (21/11, 19/21 e 15/11). Esta será a primeira vez da dupla em uma final de etapa Open. A última vez que Juliana esteve em uma decisão foi em dezembro de 2016. Ela comemorou muito a vaga alcançada em Saquarema.

“Estou muito feliz, por voltar a Saquarema, onde me sinto em casa, sou acolhida. Também é muito bom poder voltar a disputar uma final. Eu agradeço muito à minha comissão técnica por não desistir de mim, me incentivar a continuar a fazer o que eu amo. Agradeço muito a dedicação da Josi, ao pessoal dos bastidores, a CBV fez um torneio lindo. Amanhã estamos na final e preciso segurar a emoção”, contou Juliana.

Parceira de Juliana desde abril de 2019, Josi vibrou muito com a classificação para a disputa do título desta etapa. A atleta teceu elogios à parceira.

“Eu sou uma pessoa apaixonada por esporte, e estou jogando ao lado de uma multicampeã. E isso é algo incrível. Eu gosto da companhia dela, das brincadeiras. A Juliana é uma pessoa única não só pelo lado pessoal, mas também como atleta. Ela tem uma coleção de títulos invejável e continua aqui jogando como nunca, me sinto privilegiada por poder jogar com ela”, disse Josi.

Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 47 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos aproximadamente de R$ 538 mil por etapa.

Após a disputa do torneio feminino nesta semana, o torneio masculino será disputado na semana seguinte, entre os dias 22 e 25 de outubro. As etapas foram divididas em semanas diferentes para reduzir a circulação de pessoas dentro do Centro de Desenvolvimento de Voleibol, aumentando a segurança nos protocolos de prevenção ao Coronavírus.

CONFRONTOS

BRONZE – Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) x Tainá/Victoria (SE/MS) às 10h, no SporTV 3
FINAL – Ágatha/Duda (PR/SE) x Josi/Juliana (SC/CE) na sequência, no SporTV 3




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x