Search
Thursday 26 November 2020
  • :
  • :

Com apenas uma derrota em oito jogos, Brasil vai bem na chave feminina em Gstaad

Foto: FIVB

Não fosse uma derrota apertada no tie break, no último jogo do dia, o Brasil teria estreado de forma arrasadora e invicta no torneio feminino do Grand Slam de Gstaad (SUI) do Circuito Mundial 2013, disputado aos pés dos Alpes Suíços. Em oito jogos na abertura da fase de grupos, sete vitórias. À exceção de Ágatha/Maria Elisa, todas as duplas venceram seus dois jogos nesta quarta-feira (10/07).

Pelo Grupo C, as atuais líderes do ranking, Taiana e Talita, que venceram três das cinco etapas até aqui, foram a única dupla verde e amarela a não perder sets nesta quarta. Primeiro, derrotaram as argentinas Ana Gallay e Georgina Klug por 2 a 0 (21-15 e 21-19). Em seguida, passaram pelas irmãs finlandesas Emilia e Erika Nystrom com o mesmo placar, com parciais de 21-15 e 21-11. Nesta quinta-feira (11/07), tentam confirmar a liderança da chave, e a automática classificação para as oitavas de final, contra Ludwig/Walkenhorst (ALE).

Quem também lidera seu grupo (G) são as irmãs Maria Clara e Carol. Na estreia, elas derrotaram as austríacas Hansel e Schützenhöfer por 2 a 0, parciais de 21-18 e 21-15. Tiveram um jogo mais complicado na sequência, contra Van der Vlist/Wesselink (HOL), mas venceram no tie break: 2 a 1, parciais de 21-12, 18-21 e 20-18. Nesta quinta, a partida mais esperada da chave, contra as também invictas Kerri Walsh e April Ross, dos Estados Unidos, que definirá a dupla que seguirá diretamente para as oitavas, sem a necessidade da repescagem.

Lili e Bárbara Seixas, bronze no Campeonato Mundial, no último sábado, na Polônia, também passaram invictas pelo primeiro dia em Gstaad. Na estreia, porém, precisaram do tie break para confirmarem a vitória: 2 a 1, parciais de 21-19, 21-23 e 15-8, sobre Mashkova/Tsimbalova, do Cazaquistão. No jogo seguinte, bateram Köhler/Schumacher (ALE) por 2 a 0 (21-18 e 21-16). Nesta quinta, encerram a participação na primeira fase contra Holtwick/Semmler, também da Alemanha.

Por fim, pelo Grupo H, Ágatha e Maria Elisa fizeram um grande jogo contra as alemãs Bieneck e Großner, vencendo por 2 a 0, parciais de 21-17 e 21-18, e restava justamente a partida contra Ross/Day (EUA) para confirmarem o dia 100% brasileiro na Suíça. Depois de serem desbancadas no primeiro set por 21-17, bateram as adversárias com um 33/31 num set bem exaustivo e disputado. E o tie break acabou decidido no detalhe: 15-13 para as americanas. Isabelle Forrer/Vergé-Dépré (SUI) é a adversária desta quinta.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x