Search
Saturday 28 November 2020
  • :
  • :

Com atitude lamentável de Mário Jr. no final, Sada Cruzeiro vence RJ Vôlei e garante primeiro lugar

Foto: Alexandre Arruda/CBV

Filipe recebeu o Viva Vôlei da partida

Em partida marcada por reclamações e também por uma cena lamentável no final, o Sada Cruzeiro venceu por 3 a 0 o RJ Vôlei e garantiu a liderança da primeira fase da Superliga Masculina, e com isso, o direito de Minas Gerais receber a final da competição.

Antes do jogo começar, a novidade no RJ Vôlei foi a volta de Marcelo Fronckowiak, que recebeu um efeito suspensivo para os quatro jogos de punição que pegou e pode ficar no banco contra o Sada Cruzeiro.

Como esperado, Sada Cruzeiro começou melhor e se impôs, mesmo jogando fora de casa. Apesar da força do time mineiro, RJ não se abalou e foi jogando a partida. Após ficar quatro pontos atrás (11-7), o time encurtou para dois (12-10), obrigando Marcelo Mendez a pedir tempo. Com um saque muito forte de Riad, o time carioca foi reagindo até empatar em 12-12.

Ao final do set, o RJ Vôlei chegou ao set point primeiro e desperdiçou em um saque errado de Riad. Em saque de Leal, o time mineiro teve o seu set point e em ataque de Vini para fora o Cruzeiro fechou o set em 22-20, num ponto polêmico, em que houve a reclamação de toque no bloqueio.

O segundo set começou com reclamação do RJ Vôlei sobre uma possível formação de barreira do Sada Cruzeiro, que é quando os homens na rede impedem o adversário de ver a trajetória da bola no saque. A reclamação logo foi negada pelo árbitro Flávio Campos.

Com a bola em jogo, o time mineiro novamente começou melhor e abriu 7-5 na primeira parada.

Pouco depois do primeiro tempo, finalmente o juiz pegou o Sada Cruzeiro fazendo barreira e advertiu William verbalmente. A reclamação seguiu e Mario Jr. foi punido com um cartão vermelho. No microfone da TV, o árbitro retrucou falando “que a arbitragem tá ali para ver se fez ou não e que ele não deve reclamar diretamente por não ser o capitão”. Em seguida, Fronckowiak pediu tempo e pediu para seu levantador, Índio, tomar a atitude de reclamar com o árbitro, já que ele é o capitão.

Depois de tantas reclamações, o Sada Cruzeiro deslanchou, com ataques, bloqueios e saques, e abriu grande vantagem para fechar em 21-15.

O terceiro set começou com as duas equipes trocando pontos. Após o primeiro tempo técnico, o Sada Cruzeiro abriu quatro pontos (10-6) por conta dos erros do RJ. No decorrer do set, os cariocas encurtaram a vantagem, mas não deu. Final 21-17 e Sada Cruzeiro líder da primeira fase.

Ao final do jogo, infelizmente ocorreu uma confusão entre Serginho do Sada e Mário Jr., do RJ Vôlei. Após receber um dedo na cara e uma ombrada do líbero do RJ, Serginho perdeu a cabeça, mas rapidamente foi seguro pelo técnico Marcelo Mendez, que imobilizou seu líbero e o afastou rapidamente da rede, em uma cena forte para quem assistia pela TV.

Mesmo com a partida em andamento, o Moda Maringá, por vencer dois set, garantiu o oitavo lugar e será o rival do time mineiro. Já o RJ Vôlei, mesmo perdendo, fechou em quinto, com 34 pontos, e vai enfrentar o Vivo Minas, quarto colocado.

Filipe, eleito o melhor do jogo, disse que o time conseguiu seu objetivo e que agora é focar e estudar o Moda Maringá. Ele também lamentou a atitude dos cariocas, destacando insultos feitos por Marcelo Fronckowiak e Mário Jr. contra eles e disse que, apesar de saber da situação dificil dos cariocas fora das quadras, lamenta muito a atitude de dois caras de muito respeito no vôlei.

Ualas falou pelo RJ Vôlei e analisou que o resultado final da primeira fase foi muito bom, que apesar das dificuldades, o time recebeu apoio para continuar e que vai lutar para conseguir o máximo dentro das condições que eles possuem.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x