Search
Saturday 27 February 2021
  • :
  • :

Com atletas em quarentena, Osasco usa tecnologia para manter atividades

Foto: Divulgação

Desde o agravamento da pandemia, a partir de março de 2020, a tecnologia tem sido uma aliada das pessoas ao redor do mundo. Ferramentas on-line de comunicação uniram amigos e familiares ao mesmo tempo em que mantiveram o mercado de trabalho ativo. Osasco São Cristóvão Saúde foi um dos pioneiros nesse sentido no vôlei, com lives para apresentação de atletas, webinars, treinos entre outras ações de digital. Agora, com o surto de Covid-19 atingindo seis atletas e cinco membros da comissão técnica, foi preciso se reinventar uma vez mais para manter o ritmo da equipe para a sequência da Superliga 20/21.

Enquanto Camila Brait, Jaque, Mayany, Karyna, Camila Paracatu e Ana Medina (as duas últimas tiveram o contágio confirmado na noite desta quarta-feira) estão em casa cumprindo quarentena, o restante da equipe – devidamente testado e negativado para o vírus – seguiu o trabalho físico, técnico e tático no ginásio José Liberatti nesta quinta-feira (21). O técnico Luizomar e o preparador físico Marcelo Vitorino acompanharam o treinamento de forma remota, por meio da internet. Como também contraíram o novo coronavírus, usaram ferramentas como o Zoom para, virtualmente, orientar a movimentação das atletas.

“Vivemos um momento sério e que exige todos os cuidados. Por isso, nossas atletas estão em casa, isoladas para cumprir os protocolos de segurança e recebendo os cuidados necessários para que retornem completamente saudáveis. Enquanto isso, uma equipe com a nossa estrutura e nossas responsabilidades, não pode se dar ao luxo de parar. Desta forma, nos reunimos e decidimos utilizar os recursos que a tecnologia nos proporciona para seguir com os treinos. Pode-se dizer que estou em home office, mas ativo, assim como as atletas que não foram contaminadas. Temos grandes objetivos para a temporada e é bom ver a união do grupo e sua disposição para fazer o que for preciso dentro e fora de quadra para buscar as vitórias”, explica o técnico Luizomar.

Para assegurar a conectividade e interação entre o treinador e as atletas, Osasco contou com qualidade de sua estrutura e de seu corpo técnico. “Para citar um exemplo do nosso trabalho em conjunto, o analista de desempenho Leonard Lopes Barbosa cuidou diretamente para que a conexão e as ferramentas estivessem 100% operacionais no momento do treino. E deu tudo certo. Seguimos assim, sempre juntos por Osasco”, afirmou o gerente de marketing do clube, Beto Ópice.

De acordo com o regulamento da Superliga, os jogos de Osasco programados para as próximas rodadas serão reagendados e posteriormente confirmados pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). Com 36 pontos em 14 jogos, a equipe comandada pelo técnico Luizomar mantém a vice-liderança da Superliga 2020/21.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x