Search
Monday 19 October 2020
  • :
  • :

Com Bia MVP, Osasco bate Pinheiros no tie-break

Central marcou 16 pontos. (Foto: Ricardo Bufolin/EPC)

Osasco São Cristóvão Saúde bateu o Pinheiros na noite deste sábado (26), no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) para conquistar a segunda vitória no Campeonato Paulista 2020. A equipe comandada pelo técnico Luizomar venceu o clássico pelo placar de 3 sets a 2, parciais de 25/16, 25/23, 21/25, 19/25 e 15/13, em 1h58min. Tandara, Jaque, Camila Brait e cia. voltam à quadra na próxima terça-feira (29), para enfrentar o Sesi Bauru.

Depois de ficarem no banco contra São Caetano, Tandara, Roberta, Jaque e Mayany fizeram a estreia de fato no Campeonato Paulista. Foi um jogo equilibrado, que teve Tandara como a maior pontuadora da partida, com 20 acertos. Contudo, quem voltou para casa com status de melhor em quadra foi Bia. Com 32% dos votos dos torcedores nas redes sociais do Osasco São Cristóvão Saúde, a central, que conseguiu seis bloqueios e 16 pontos na partida, foi eleita a MVP.

“Fiquei feliz pelo reconhecimento da galera. Entrei em quadra bem concentrada para ser eficiente no bloqueio e fiz um bom trabalho. Agora é seguir trabalhando”, disse Bia, que comentou a partida. “Nesse início de temporada a gente sabe que podem ocorrer jogos mais difíceis. E sempre que jogamos aqui no Pinheiros enfrentamos confrontos duros. Mas estamos preparadas para essa situação. Claro que não queríamos uma rodada tão cansativa, mas nos unimos ainda mais no final e fizemos o dever de casa que é sair com a vitória”.

Tandara seguiu na mesma linha de raciocínio ao analisar o desempenho osasquense. “Foi uma vitória com emoção. Um jogo complicado. No início fomos bem, mas elas dificultaram as coisas a partir do terceiro set. Faltou um pouco de defesa, eu principalmente. Mas saímos com a vitória e isso é importante. Esse tipo de partida serve para ver que temos de treinar muito para aproveitar cada momento, cada bola, e crescer como time. Seguimos confiantes para buscar nossos objetivos”, afirmou a oposta.

O jogo – Osasco e Pinheiros fizeram um início de partida equilibrado. Porém, com o desenrolar do set, o maior volume de jogo das comandadas de Luizomar fez a diferença. Jaque atacou para fazer 18/14 e começar a abrir vantagem. Tandara desceu o braço no 20/14 e Bia, com dois bloqueios, para fazer 23/15. A vitória por 25/16 veio com um erro de saque das adversárias.

Com um bloqueio de Mayany, Osasco abriu 7/3 no início do segundo set. A equipe de Osasco comandou o placar e conseguiu segurar as investidas do Pinheiros em encostar no placar. No 12/7, Luizomar promoveu a entrada de Naiane e Karine no lugar de Tandara e Roberta, na inversão de 5/1. Com a dupla titular de volta à quadra, Jaque atacou da entrada para fazer 19/14 e forçar o Pinheiros a pedir tempo. Roberta surpreendeu a defesa com uma bola de segunda (22/18). Após erros de saque, Luizomar pediu tempo quando o Pinheiros encostou no 22/20. Tainara enfiou a mão para fazer 24/22. Assim como na parcial inicial, a vitória veio com um erro das donas da casa: 25/23.

O terceiro set começou equilibrado. Luizomar precisou pediu tempo quando o Pinheiros abriu dois pontos na frente no 16/14. Apesar do esforço de suas comandadas em seguir sua orientações, as donas da casa não deixaram a mais a ponta do marcador. Com ataques de Tandara, Mayany, Bia, Jaque e Tainara, a equipe de Osasco chegou e ficar a apenas um ponto do empate, Mas não conseguiu chegar a ter a chance da virada para fechar a partida em 3 sets a 0. Com a vitória do Pinheiros por 25/21, o clássico foi para a quarta parcial.

Bia e Roberta montaram o paredão de Osasco no empate por 6/6, após sair atrás no início do quarto set. A partir daí, com Roberta acionando Tandara e Bia, a equipe de Luizomar virou e abriu 10/7. Porém, a defesa do Pinheiros seguiu eficiente para manter a parcial equilibrada. Com Jaque no bloqueio, novo empate: 15/15. O técnico osasquense precisou parar o jogo novamente quando o rival fez 19/16. Mesmo com as tentativas de mudança, com as entradas de Naiane e Camila Paracatu, Osasco não conseguiu a reação e as donas da casa fecharam em 25/19 para empatar a partida.

Tandara fez três pontos seguidos para garantir o placar de 4/3, após um começo de quinto set difícil para Osasco. Na sequência, Jaque explorou o bloqueio (5/3). Mas o Pinheiros seguiu defendendo bem e virou para fazer 9/8, obrigando Luizomar a pedir tempo. Tandara empatou: 9/9. Tainara afundou na saída de rede (11/11) e Mayany montou o paredão da virada (12/11). Um bloqueio de Jaque garantiu o match point (14/12). A vitória veio com muita vibração das osasquenses por 15/13.

Jogaram e marcaram, para o Osasco São Cristóvão Saúde: Roberta (4), Tandara (20), Jaque (9), Tainara (16), Mayany (12), Bia (16) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar. Entraram: Naiane, Karine, Kika, Camila Paracatu.

Jogaram e marcaram para o Pinheiros: Ana Cristina, Natália (13), Priscila (6), Maiara Basso (17), Gabi Martins (16), Adri Vilvert (12) e a líbero Letícia. Técnico: Reinaldo Bacilieri. Entraram: Sabrina, Yael (7), Kimberlly (7), Thay.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x