Search
Sunday 27 September 2020
  • :
  • :

Com destaques de Carol e Gabi, seleção feminina estreia com vitória no Montreux

Foto: Fivb/Divulgação

Domínio total.

Assim foi a estreia da seleção brasileira feminina no Montreux Volley Masters. Representado por uma seleção formada por jogadoras promissoras, já que as titulares foram poupadas do torneio, a seleção brasileira estreou contra a Suíça em um dos torneios mais tradicionais do calendário internacional.

Contando com um bom volume de jogo, a seleção venceu a partida por três sets a zero, parciais de 25×13, 25×20 e 25×13, em uma hora e doze minutos de partida.

A seleção que iniciou o jogo foi uma mistura de experiência com o talento de jogadoras que entraram para a equipe nesse ciclo olímpico: Dani Lins, Monique, Natália, Gabi, Adenízia, Ana Carol e a líbero Camila Brait. O jogo também marcou a volta da bicampeã olímpica Jaqueline, que também é a capitã do time no torneio.

Contando com um bom volume de jogo, a seleção brasileira não teve dificuldades de vencer o primeiro set. A levantadora Dani Lins jogou quase o tempo todo com o passe na mão, deixando sempre as atacantes em condições favoráveis.

Relaxando um pouco devido a facilidade do primeiro, a seleção brasileira viu a Suíça crescer no jogo no segundo set. Mas nada que a experiente e talentosa seleção não conseguisse administrar, virando e fechando o jogo em 25×20.

O terceiro set foi um verdadeiro passeio, com direito a 16×4 no segundo tempo técnico. O técnico José Roberto Guimarães aproveitou a oportunidade para dar ritmo a jogadoras, promovendo a entrada de Jaqueline, Angélica, Andréia e Ana Tiemi.

O grande destaque do jogo foi uma jogadora que fez sua estreia na seleção brasileira. A central Ana Carol foi a maior pontuadora do jogo com 13 pontos, sendo quatro em ataques, três em saques e incríveis seis pontos em bloqueios. Carol fez o triplo de pontos de bloqueio da seleção suíça, que anotou apenas dois pontos nesse fundamento. Gabi também teve boa pontuação, com 10 pontos, seguida de Monique, com 7 pontos.

Pelo lado suíço, a maior pontuadora foi Mandy Wigger, com 10 pontos.

A seleção cedeu somente 11 pontos em três sets para as adversárias, quando a Suíça cedeu 30 pontos em erros ao Brasil.

Brasil: Dani Lins (2), Monique (7), Natália (5), Gabi (7), Ana Carol (13), Adenízia (5) e a líbero Camila Brait. Entraram: Jaqueline (1), Andréia (2), Angélica e Ana Tiemi.

Suíça: Laura Unternährer (8), Ines Granvorka (5), Mandy Wigger (10), Sandra Stocker (1), Patricia Schauss (4), Kristel Marbach (1) e a líbero Tabea Dalliard. 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x