Search
Monday 23 November 2020
  • :
  • :

Com final feminina em SP, MDV pergunta: qual ginásio você prefere?

Com a vitória de 3 a 0 sobre a Uniara, nesta terça-feira (25/02) em Araraquara, o Molico Osasco garantiu matematicamente a primeira posição geral da fase de classificação da Superliga.

Conforme divulgou a CBV na virada do ano, com isso, a final da Superliga Feminina será no estado de São Paulo, de onde é o Molico Osasco.

Procurando ajudar a CBV nesta decisão e, claro, ouvindo a voz do torcedor, o Melhor do Vôlei pergunta: Qual ginásio você prefere que recebe essa decisão? Lembrando que por regulamento, a capacidade precisa ser superior a 5 mil pessoas. E para ajudar na sua opinião, listamos os principais ginásios em condição de receber a final. Confira:

1 – Ginásio do Ibirapuera

O mais tradicional ginásio de SP, já tem histórico de receber finais da Superliga, além de jogos da Seleção. A última final, por exemplo, foi lá. O ginásio, que já está confirmado para receber a Liga Mundial e o Grand Prix em 2014. Porém, conforme já adiantou o blog Saída de Rede, existe um empecilho de datas para receber a final feminina. A data de 27 de Abril, para qual está programada a decisão, foi reservada por uma promotora de eventos, o que coloca em risco o favoritismo do ginásio para receber a final.

2 – José Corrêa

Localizado em Barueri, o local seria perfeito para a torcida do Molico Osasco, já que as cidades ficam lado a lado. Entre os eventos no currículo do ginásio, estão um mundial de basquete feminino, um de handebol, um UFC e também uma final de Superliga, quando era disputada em melhor de cinco e o então, Finasa Osasco, não pode atuar no Liberatti pela capacidade. É uma boa opção.

3 – Adib Moysés Dib

O ginásio de São Bernardo recebeu em 2012 a final masculina e no mesmo ano Grand Prix e Liga Mundial. Também recebeu partidas do Mundial de Handebol de 2011. O que dificulta é a sua localização, na região leste da grande São Paulo, é de difícil acesso para, principalmente, os torcedores de Osasco, que estão no lado Oeste. Seu lobby pode ser o apoio da prefeitura ao esporte.

4- Milton Olaio Filho

É a zebra nessa história. Localizado no interior, em São Carlos, a cidade recebeu em 2012 o classificatório Sul-Americano para as Olímpiadas, quando a seleção feminina garantiu sua vaga, e o Grand Prix 2011. O ginásio costuma receber muitos jogos da seleção de futsal e, por conta disso, é um ginásio que dá condições de transmissão para a Globo, que deve ter peso também na decisão. É uma possibilidade, apesar das probabilidades pequenas.

E agora é com você torcedor. Seja de Osasco, Campinas, Rio de Janeiro, São Paulo ou qualquer outro lugar. Qual a casa você prefere para a grande final da Superliga feminina?

Responda nos comentários do facebook ou dando RT no Twitter.

www.facebook.com/SiteMelhordoVolei

@MelhordoVolei

 

 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x