Search
Friday 25 September 2020
  • :
  • :

Com os retornos de Natália e Fabíola, Brasil estreia no Sul-Americano contra o Chile

Foto: Divulgação/CBV

O Brasil estreia nesta quarta-feira (18/09), às 17 horas, no Sul-Americano Feminino de olho nos prêmios do torneio: o título, a vaga para o Mundial e para a Copa dos Campeões.

Apesar dos problemas que marcaram os dias que antecederam a estreia, com a polêmica entre jogadoras e CBV sobre o avião para a viagem ao Peru, o time se encontra tranquilo para a partida contra o Chile. Os destaques ficam por conta das reestreias de Fabíola e Natália.

Fabíola volta após pedir dispensa por problemas pessoais durante o Grand Prix, enquanto Natália retorna após cumprir suspensão por doping. “Esse torneio continental será importante para ganhar ritmo de jogo. Estou há um tempo sem jogar, mas vai ser bom para readquirir confiança e voltar a representar o meu país”, afirmou Natália.

“Estamos treinando forte porque é uma competição importante. A concentração será fundamental. É um campeonato classificatório para o Mundial e teremos que estar 100%”, completou a levantadora Fabíola.

Assim como as jogadoras, o técnico José Roberto Guimarães também encara o torneio com muita seriedade e sabe como é importante vencer ele. “O nível dos times na América do Sul subiu e as equipes melhoraram. Precisamos ter cuidado e o crescimento dessas seleções será visto em quadra. Talvez, do grupo, o Chile seja o adversário mais tranquilo. Já depois, com Colômbia, Argentina, Venezuela e Peru, o nível deve ser melhor. Nosso time terá que jogar bem para ganhar esse Sul-Americano e manter a hegemonia na América do Sul”.

Para Fabi, líbero do time, independente da competição, título é título e, claro, ela quer vencer. “Este será o meu sexto Sul-Americano. Não podemos bobear. Vejo a cada ano uma busca das seleções sul-americanas em renovar seus elencos para montar equipes competitivas visando quebrar a hegemonia brasileira. Qualquer coisa que aconteça diferente do Brasil vencedor será um fato histórico. Entendemos essa responsabilidade e sabemos que vale vaga para duas competições importantes. Tenho um lema na minha vida, que título é título. A vitória mais importante é sempre a próxima. Sabemos que o nosso campeonato continental não é tão competitivo, mas essa competição vale hegemonia, título e duas vagas importantes”, afirmou a líbero.

A partida desta quarta-feira não será transmitido para o Brasil




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x